Sobre o amor de mãe

Quando você não é mãe não entende muito o que quer dizer ‘que filhos trazem sentido a vida’.

Eu pensava: Eu amo a minha vida. Não preciso de uma criança para me trazer sentido.

Veio a gravidez, fiquei extremamente feliz durante a gravidez inteira. Amava minha barriga, achava que já amava meu filho.

A verdade é que eu não sabia nada sobre a vida e absolutamente nada sobre o amor.

amor-de-ma%cc%83e

Eu não tive aquele insight que todo mundo tem quando o filho nasce. Não tive aquele amor, não chorei, não me emocionei. Quando a médica me mostrou o João, parecia que eu estava conhecendo um bebê de outra pessoa. Eu pensei: “ah, tá. Esse é o João”. Não tive aquele instinto de querer pegar no colo. Só beijei porque a enfermeira falou para eu dar um beijo.

Me senti muito culpada por isso.

Admiro muito as mães que se emocionam na hora do parto, admiro de verdade, acho lindíssimo. Mas se após ler isso aqui, você vier para mim e falar: “Nossa, me apaixonei assim que vi meu filho pela primeira vez, me emocionei deee-mais”, saiba que eu vou te ‘odiar’ muito. Porque minha culpa já me basta e não preciso de ninguém jogando isso na minha cara. Além do queeeeee….você não ganha nada se gabando com isso.

Quando o João foi para o quarto, eu fui amamentar pela primeira vez na minha vida. Era meu sonho amamentar. Aí minha primeira impressão foi: “ah, então é isso que é amamentar?”

E aí veio a noite. E me peguei vendo se ele estava respirando ainda. Me peguei acordando meu marido (eu não conseguia levantar sozinha) para ele ir ver se o João estava respirando.

No dia seguinte, quase de tarde, fui amamentar ainda na maternidade e ao colocar ele para arrotar, tirei uma selfie nossa. Ele parecia ser do tamanho do meu ombro, era a coisa mais linda. É a minha foto preferida de nós dois. Ele era meu. Saiu de mim. Era tudo que eu tinha ali. E eu era tudo que ele tinha ali.  (Essa ainda é a minha posição favorita com o João, tinha muito medo que ele crescesse e não ficássemos mais assim, mas a expressão ‘o filho nunca é grande o suficiente para o colo de uma mãe’ é tão verdade, que nós ficamos assim o tempo todo).

mae-e-filho

Fomos para a casa e aí eu amamentava segurando a mãozinha dele. Às vezes ele me olhava enquanto mamava e era a coisa mais linda da vida. A gente ficava assim se olhando. Depois ele aprendeu a colocar a mão no meu peito enquanto mamava e essa é a minha melhor lembrança da amamentação.

Vieram as doenças (todo bebê fica doente, mais do que normal) e eu me peguei querendo trocar de lugar com ele, só para não o ver abatido. É engraçado dizer, mas eu me sentiria melhor se fosse eu a doente.

Comemorei quando ele descobriu a mão, quando ele deu a primeira gargalhada dele, comemorei quando ele virou sozinho, quando ficou de bruços sustentando a cabeça, quando sentou sozinho, chorei copiosamente no consultório da pediatra quando parei de amamentar, mas aí logo depois comemorei que ele engatinhou, o primeiro dentinho, a primeira vez que ele andou. E são mais de 2 anos comemorando cada conquista dele, cada conquista nossa.

mamae

Hoje o João me faz sentir a mulher mais linda e importante desse planeta. Porque, para ele, eu sou a mulher mais bonita e importante desse planeta. E não importa que eu esteja acima do peso, não importa que eu tenha mil defeitos. Para ele, realmente isso não importa, ele não tá nem aí para isso.

E como ele me faz sentir linda? Quando eu estou me vestindo para sair, colocando um vestido qualquer, e ele me olha e grita com surpresa: “MAMÃE, QUE LIIIIIINDA”.

E como ele me faz sentir importante? Quando ele acorda e a primeira pessoa que procura sou eu. Quando ele está dormindo, escuta minha voz (dormimos os três juntos na cama) e fica me procurando com os pés enquanto os olhos ainda estão fechados. Quando ele dorme no meu colo, me envolvendo toda.

E, principalmente, quando ele diz “Te amo, mamãe”. Como eu disse lá em cima, eu nunca soube nada do que é a vida, nunca soube nada do que é amor. Eu sempre achei que soubesse, mas eu estava completamente enganada.

Eu nasci junto com o João. Nós fomos construindo aos poucos esse amor, esse amor louco, estarrecedor.

Você pode ter se apaixonado pelo seu filho no primeiro segundo e se isso aconteceu, acredito ter sido a melhor sensação do mundo.

Mas se essa paixão não veio no primeiro momento, não se culpe, não se preocupe. Ela virá e será tão maravilhoso quanto. O momento do parto envolve muitas coisas, são muitos sentimentos envolvidos e não conseguir entender o que realmente está sentindo não é nenhum pecado e nenhum erro grave.

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Anúncios

Dicas Infalíveis Para Acabar Com a Tosse

Algumas coisas podem ser feitas para aliviar ou até acabar com aquela tosse que parece ser infinita.

Quantas noites você passa em claro porque seu filho não parou de tossir? Para os médicos, pode ser algo comum, mas para nós, pais, a tosse é sinônimo dias de preocupação!
tosseinfantil

A industria farmacêutica nesse lado só cresce! São inúmeros xaropes que prometem a cura imediata, cremes para passar nas costas, remédios para inalar … e nada resolve o bendito cof cof!

Mas afinal, o que é a tosse?

“A tosse leva a um mecanismo de irritação das vias aéreas superiores, que provoca o ressecamento das mucosas. Este, por sua vez, piora a tosse. Sem falar que, na presença de febre, há um aumento ainda maior da perda de água no organismo. Por isso, mamães, quanto mais água melhor! É fundamental o aumento da oferta de água e líquidos no geral para a criança. É bebezinho muito pequeno? Se mama no peito, a mamãe deve aumentar (e muito) o seu próprio consumo de água e oferecer mais vezes o peito. Se toma leite de fórmula ou já aceita comida, oferecer mais água e líquidos no geral! Uma boa hidratação alivia os sintomas e mantém as mucosas úmidas.” (Dr Kelly, Pediatra)

Dicas:

Inalação somente com soro
A inalação, apesar de chata e difícil de se fazer, é eficaz pois umedece as mucosas e brônquios.

Cuidar das narinas é essencial
Somente com o combo, inalação + limpeza nasal seu problema será resolvido! Limpe com soro ao menos 10 vezes ao dia!

Receitinhas naturais
Receitinhas de vovó, xaropes feito a base de mel e limão são super bem vindos! Lembrando que para crianças maiores de 02 anos, já que antes disso, não indicamos uso do mel!

Cebola no quarto funciona?

A cebola crua, cortada é um descongestionante natural
Ela alivia a tosse e a expetoração
Ela “suga”, “limpa” o ambiente e absorve as bactérias, tudo que tem no ambiente, como se renovasse o ar.
MAS ela só resolve se a tosse for alérgica ou causa de poluição, poeira, tempo seco e etc. Aquela tosse decorrente a alguma infecção, tipo broncopneumonia, ela NÃO resolve e pode ser por isso que na sua casa não teve efeito.
Quanto mais cortar, mais ela vai absorver as impurezas do ambiente. Pode ser com casca mesmo.
Usou a cebola no ambiente para “tirar” a tosse, ela tem que ser desprezada, pois está contaminada com as impurezas do ambiente, bactérias e etc.

O que achou das dicas? Deixe seu comentário. 😉

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Dicas de presentes para os dias das crianças

O dia das crianças está quase aí e escolher o presente nem sempre é uma tarefa fácil.

Já o terceiro dia das crianças do João e é sempre a mesma coisa. Eu nunca consigo me decidir quanto ao presente e sempre decido em cima da hora.

Andei pesquisando alguns brinquedos (acho que dia das crianças o presente tem que ser brinquedo, né? É o que faz deles, crianças), me deparei na Bee me Toys e tem vários que achei legal e decidi compartilhar com vocês para ajudar nessa infinita procura.

bee-me-toys-rock-star

Microfone que você pode conectar o celular para a criança cantar. Amei! Realizaria meu sonho de ser cantora rs

 

 

bee-me-toys-click-fun

Controle remoto PARA CRIANÇAS! Olha que sonho! Toda criança ama um controle remoto e assim pode dar um descanso para o nosso e podemos ver tv em paz.

bee-me-toys-carrinho-fast-city

O João tem esses carrinhos e ama. Cabe certinho na mãozinha dele, acho que é por isso que ele curte tanto.

bee-me-toys-carrinho-de-boneca-carolina

Gente, os carrinhos da minha época não eram tão fofos assim, não. Olha que lindo! Eu queria pra MIM!

bee-me-toys-caixa-registradora

Coisa mais fofa caixa registradora com os produtinhos do supermercado. Eu tinha uma caixa registradora que eu amava. Ficava o dia todo “trabalhando”.

bee-me-toys-bb-navio-do-capita%cc%83o-fantasma

Para as crianças maiores, um barco de pirata para montar e desmontar como quiser. Toooooda criança ama esses brinquedos. Eu amo até hoje.

bee-me-toys-bb-carro-de-sorvete

Blocos de montar um carrinho de sorvete! Morri! ❤

bee-me-toys-animais-agarradinhos

Móbile que pode ser colocado no carrinho e no bebê conforto. Todo meu amor por você! Distraem os bebês que é uma beleza, dão um mega descanso para as mamães.

 

Mas não se esqueça: O melhor presente para uma criança é se fazer presente. De nada adianta brinquedos legais se você não está por perto para poder brincar junto. A brincadeira fica muito mais legal quando é em família.

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Fundação Planetário comemora aniversário com programação geek infantil

Segunda edição do Mundinho Geek traz para a garotada cultura pop, ciência, tecnologia e muito do universo geek.

sinalizac%cc%a7a%cc%83o-mundinho-geek-2

No dia 19 de novembro, a Fundação Planetário completa 46 anos de difusão da Astronomia e Ciências Afins na cidade do Rio de Janeiro. E, para comemorar, no dia 20 de novembro, o Planetário, em parceria com o Mundinho Geek, oferecerá uma programação muuuito legal para as crianças. O evento acontece das 10h às 17h e terá oficinas, desfile e concurso cosplay, quiz geek, sessão de cúpula e muito mais!

oficina-de-robotica-mundinho-geek-1

Durante todo o dia, as crianças poderão se divertir com as atividades pagas e gratuitas espalhadas por todo o Planetário. Os pequenos que curtem videogames contarão com uma área dedicada aos jogos. Para aqueles que curtem jogos de cartas e tabuleiros, o espaço de Card e Board Games é o lugar ideal, onde acontecerão as partidas e até torneios.

oficina-de-quadrinhos-mundinho-geek-3

Já as oficinas vão ensinar a garotada a colocar a mão na massa e produzir, como a de Robótica, onde os pequenos grandes inventores descobrirão os mistérios desse ramo da tecnologia que fascina a tantos. Os geeks que curtem artes e desenho poderão aprender, durante a oficina de Quadrinhos, super técnicas que ajudarão a criançada a criar suas próprias histórias. Para os cheffinhos, a oficina de Gastronomia ensinará pais e filhos a cozinharem juntos pratos baseados em filmes da cultura geek.

oficina-de-gastronomia-mundinho-geek-2

A programação conta ainda com as Arenas, que reservam uma experiência especial para os que gostam de batalhas. Os “padawans” receberão ensinamentos de como se tornar um cavaleiro Jedi e participarão de duelo com sabres de luz. Já na Medieval, os pequenos gladiadores aprenderão movimentos corporais e participarão de combates com apetrechos de espuma.

img_1152

Na contação de histórias, terão histórias  sobre as estrelas e os planetas. No Quiz Geek as crianças vão mostrar tudo o que sabem sobre esse universo. E, para aqueles que gostam de ser o próprio personagem, o Mundinho Geek prepara um desfile e concurso cosplay. Aqui, as crianças poderão ser quem quiser!

img_0314

Os bebês também estão incluídos nessa programação. A Atividade Sensorial visa estimular a descoberta de novos sons, cores e texturas. A atividade será oferecida com objetos da cultura geek para bebês e papais e acompanhada por uma equipe de educadores. Durante o evento, haverá ainda uma área de alimentação adaptada ao paladar infantil e produtinhos nerds à venda para papais e crianças.

geekmen-store-mundinho-geek-7

Algumas atividades têm custo. Os valores serão divulgados, em breve, e a compra será realizada via internet.

experimentos-cientificos-mundinho-geek-2

crespinho-mundinho-geek-4

SERVIÇO – MUNDINHO GEEK:

Data: 20 de novembro

Local: Planetário da Gávea – Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea

Sujeito a lotação. Vagas limitadas.

Entrada Franca.

– A programação poderá sofrer sem alteração sem aviso prévio.

– As crianças deverão estar sempre acompanhadas de 01 responsável durante as atividades.

PROGRAMAÇÃO E CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA:

Área de Videogames – 6 a 12 anos (Gratuita)

Área de Card Games (Jogos de Cartas e Tabuleiro) – 6 a 12 anos (Gratuita)

Oficina de Robótica – a partir de 8 anos (Atividade Paga)

Oficina de Culinária – a partir de 4 anos (Atividade Paga)

Oficina de Quadrinhos – a partir de 5 anos (Gratuita)

Oficina de Robótica com Lego para pais & filhos – a partir de 5 anos (Atividade Paga)

Show de ciências – a partir de 4 anos (Atividade Paga)

Contação de Histórias Sci-Fi – a partir de 4 anos (Gratuita)

Quiz Geek – a partir de 6 anos (Gratuita)

Desfile & Concurso Cosplay – até 12 anos (Gratuita)

Arena Medieval e Jedi Arena – a partir de 5 anos (Gratuita)

RPG para Iniciantes – a partir de 4 anos (Gratuita)

Atividade Sensorial para Bebês – de 6 meses a 3 anos (Gratuita)

Sessão de cúpula – a partir de 3 anos (Gratuita)

Oficina de horta aromática – a partir de 4 anos (Atividade Paga)

Oficina de naves espaciais – a partir de 5 anos (Gratuita)

SOBRE O MUNDINHO GEEK

O Mundinho Geek é um projeto da Imagem Cultural, onde pais e filhos podem dividir suas paixões em uma experiência única, recheada de referências do universo geek (aqueles que se atraem por tudo aquilo que é novidade, principalmente quando o assunto são computadores, super-heróis, quadrinhos, filmes de ficção científica e outros). Foi criado com a intenção de fazer com que as crianças aprendam brincando, em um ambiente carinhosamente pensado para elas.

No Mundinho Geek as crianças podem ser e se vestir como seus personagens prediletos. É o local onde o mundo dos quadrinhos, da cultura pop, da ciência e da tecnologia se encontram. Um lugar para reunir toda a família e compartilhar o que você mais gosta com os seus filhos.

SOBRE A FUNDAÇÃO PLANETÁRIO

Inaugurada em 19 de novembro de 1970, a Fundação Planetário se dedica a difundir Astronomia e ciências afins e oferecer cultura e lazer de qualidade à população carioca e os demais visitantes, se tornando sinônimo de diversão não só pelas Sessões de Cúpula, mas por promover a todos os tipos de público uma série de atividades e projetos culturais que permitem a integração entre as mais diversas áreas da ciência.

Contatos: https://www.facebook.com/mundinhogeek/

(21) 9 6907-2480 / juliana@imagemcultural.com.br

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é maenaodorme@gmail.com

Você sabe diferenciar os estágios da febre?

A febre tem vários estágios e é muito importante saber diferenciar cada estágio dela para que possa fazer o tratamento correto.

Seu filho está bem, brincando, quando de repente você o percebe bem quieto e quando o pega no colo logo percebe que está quentinho! Logo, você já sabe, ele está com febre! Mas você sabe o que fazer?
febre

– Intercale a medicação:

Muitas vezes, antes do intervalo recomendado entre uma dose e outra de remédio, a temperatura  começa a subir novamente. Nesse caso, você pode dar um outro tipo de medicamento. Se a criança tomou paracetamol, por exemplo, você pode dar ibuprofeno. Também vale fazer esse revezamento para não exceder a máxima dose diária recomendada. Por exemplo, se o remédio pode ser dado de 4 em 4 horas, mas não mais que 5 vezes ao dia, em 24 horas, esse limite não seria respeitado, por isso, é melhor alternar as medicações. No entanto, SEMPRE com orientação do pediatra.

-Fique atento:

Se você perceber que a criança não responde a medicação, ou que  está com muito frio, muito sono, gemendo de dor, não exite, leve-a ao pronto socorro!

– Cuidado com os RNs:

Bebês abaixo de 3 meses devem ter atenção redobrada quando o assunto é febre! No primeiro pico de febre, já corra para o Hospital!

– Febre acima de 37,8º já precisa ser medicada:

Com essa temperatura, a criança já começa a sentir mal estar, dor de cabeça ou no corpo. A medicação é feita para aliviar então, os sintomas!

O que podemos fazer para aliviar?

Dar um banho morno, compressas de água na testa e nuca, ingestão de líquidos, repouso são dicas para diminuir o mal estar da criança!

E lembre-se, nunca esqueça de consultar o pediatra!

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é maenaodorme@gmail.com

Como o bebê desenvolve os cinco sentidos?

Você sabia que os cinco sentidos do bebê são desenvolvidos em sua maioria ainda durante a gravidez? O bebê aprende, reage e amadurece os sentidos para sentir o mundo exterior.

brandingcincosentidos_fernandama%cc%83ena%cc%83odorme

E quando se desenvolvem os sentidos?
Paladar – O paladar começa a ser desenvolvido na oitava semana de gravidez, quando o feto já consegue “sentir” os sabores do líquido amniótico. Ao nascer, já pode distinguir o que é doce, acreditam?
Mas somente aos seis meses de vida é que o paladar começa a ficar refinado e eles passam a diferenciar doce, salgado, amargo e azedo, por conta da introdução alimentar.
Olfato – O olfato se desenvolve a partir da vigésima oitava semana de gestação e o primeiro cheirinho a ser reconhecido pelo bebê é o do útero. Depois, ao nascer começa a reconhecer novos cheiros e como seu sistema respiratório ainda está em desenvolvimento, pode ocasionar uma alergia ou outra.
Visão – A visão é o último sentido a se desenvolver e assim que o bebê nasce ele ainda não enxerga bem. Recém nascidos enxergam a vida toda embaçada, mas isso não impede que eles aprendam características essências para a sobrevivência como rosto da mãe e o “mamá”. Já com um mês começam a enxergar com 30 cm de distância, aos seis meses já olham para os lados. Já com 12 meses começam a distinguir as cores e finalmente aos 18 meses começam a se aproximar do que seria uma visão adulta.
Tato – O tato é o primeiro sentido a ser desenvolvido, aparecendo entre a quinta e sexta semana de gestação. As primeiras áreas a terem sensibilidade são lábio e nariz e após a décima segunda semana, o feto já pode “sentir” o corpo todo. Por isso é tão importante toques na barriga, carinho e muito amor enquanto se espera o bebê!

E é uma delícia poder acompanhar esse desenvolvimento, essas descobertas. A gente morre de amor, morre de orgulho, morre de felicidade e continua vivendo.

E o que acharam do post? Deixem seus comentários 😉

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é maenaodorme@gmail.com

Multa para quem transportar criança fora da cadeirinha vai ficar mais cara. Veja como utilizar corretamente o dispositivo

A partir de 1º de novembro a infração, que era de R$ 191,54 passará para R$ 293,47. Além do uso do equipamento de retenção, motorista deve averiguar se o modelo e o modo de instalação estão adequados

Cadeirinha é obrigatória para o transporte de crianças
Clique para ver maior | Imagem: Divulgação/Tutti Baby

cadeirinha-carro

Cadeirinha é obrigatória para o transporte de crianças | Imagem: Divulgação/Tutti Baby

Há mais de cinco anos o Brasil deu um importante passo para a prevenção de riscos às crianças no trânsito. Desde que a lei da cadeirinha entrou em vigor no país, a maioria dos pais passou a se preocupar com o uso de dispositivos de retenção. No entanto, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, muitos motoristas ainda são imprudentes nesta questão. Só em 2015, nas rodovias federais houve a autuação de 740 motoristas que transportavam crianças sem o dispositivo.

A partir de novembro deste ano, a lei fica ainda mais rigorosa e a multa, que era de R$ 191,54 passará para R$ 293,47. Além disso, a fiscalização também será mais rígida. E os motoristas devem estar atentos: não é só a falta do equipamento que causa a infração, mas também o uso inadequado da cadeirinha.

Amanda Teixeira, da área de desenvolvimento da Tutti Baby, empresa especializada nestes itens, explica o que se deve levar em consideração no momento da aquisição e instalação do produto. “Existem diversos modelos no mercado e por isso muitos consumidores acabam errando na escolha. A primeira dica é verificar se a peça é certificada pelo INOR, o órgão creditado pelo Inmetro que atesta a qualidade do produto. Depois, a embalagem e o manual de instruções trazem as informações sobre para qual grupo de massa o produto é indicado e como deve ser ajustado no automóvel”, diz.

Para Amanda, um dos principais erros dos pais é não verificar o modo de instalação. “O bebê conforto, por exemplo, é utilizado para criançasde até um ano e deve, obrigatoriamente, ser instalado de costas para o motorista. Alguns modelos de cadeirinha usam o cinto do carro para fixação das crianças. Se ele passar pelo pescoço, significa que o produto é inadequado”, alerta.

bebe%cc%82-conforto

Itens de retenção devem ser instalados corretamente | Imagem: Divulgação/Tutti Baby

Tipo ideal de acordo com o tamanho da criança
A profissional da Tutti Baby destaca ainda que existem cinco grupos, classificados pelo peso das crianças, para adequação dos modelos de cadeirinha. São eles:

Grupo de massa O : de 0 kg até 10 kg, altura aproximada de 0,72m, até 9 meses (usa o bebê-conforto)
Grupo de massa O+: de 0 kg até 13 kg, altura aproximada de 0,80m, até 1 ano (usa o bebê-conforto ou cadeirinha)
Grupo de massa I: de 9 kg até 18 kg, altura aproximada de 1m, até dois anos e oito meses (usa cadeirinha)
Grupo de massa II
: de 15 kg a 25 kg, altura aproximada de 1,15m, até cinco anos (usa cadeirinha)
Grupo de massa III: de 22 kg a 36 kg, altura aproximada 1,30m, até 10 anos (usa cadeirinha ou acento de elevação).

Sobre a Tutti Baby
Com sede em Massaranduba (SC), a Tutti Baby faz parte do Grupo Zanotti e é especialista em fabricação de produtos para bebês, que englobam os grupos Passeio (carrinhos e bolsas), Retenção (cadeirinhas para automóvel e bebê conforto), Casa (cercado, andador e grade para porta), Alimentação (cadeiras) e Puericultura Leve (banheiras, troninhos, assento redutor, saboneteiras e suporte para banheira).

Está presente em todo o território brasileiro, com mais de 1,6 mil pontos de venda.

Agora é entender que não é só pela multa, cadeirinhas salvam vidas.

Beijos,

Fê!

E se você curtiu esse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é maenaodorme@gmail.com