O que rolou em Abril no Instagram

Sempre escrevo aqui sobre tudo da minha gravidez, mas no instagram posto muito mais coisas

Entramos no mês de Maio, último mês antes da chegada do meu príncipe João. Maio é também o mês do Dia das Mães, meu primeiro Dia das Mães como mãe. Estou muito ansiosa com isso, inclusive.

Abril passou muito rápido. E no Instagram, muita coisa legal rolou. Se você não nos segue, siga lá em @blogmaenaodorme.

Veja aqui um pouquinho, bem pouquinho mesmo, do que rolou de legal no instagram nesse mês:

Comecei a comer duas castanhas do pará por dia para evitar cãibras que estava tendo durante à noite.

gravidez-caibra

Entrei na semana 29 e coloquei pra jogo minha barriga positiva

gravidez-29-semanas

Rolou o chá do João, meu sonho, que eu contei em detalhes pra vocês aqui:

gravidez-cha-do-joao

Saldo do Chá do João. Foram 2220 fraldas, fora os lenços umedecidos, pomadas e muitos presentes. Se valeu a pena? Mais do que valeu!

gravidez-fraldas

Se azia é sinal de bebê cabeludo, o meu já vai nascer com um black power. Esse foi o remédio que a minha médica me indicou contra azias, o Mylanta Plus, no início ele me ajudou bastante, mas agora ando com ele na bolsa pra onde eu vou e ele só me alivia na hora, depois a azia volta com força total.

Ah, ele tem nos sabores morango e menta. Eu prefiro morango, não curti muito o menta.

gravidez-mylanta-plus

Completei 30 semanas de gravidez, minha barriga deu uma super explosão e todos começaram a me perguntar se são gêmeos, mas não, não são!

gravidez-30-semanas

Ganhei no chá do João uma caixa de fraldas da Pampers edição especial da Copa do Mundo, que veio com uma blusinha do Brasil, com o número 10 atrás. Eu amei, porque meu João nasce 5 dias antes da copa e ela é bem pequenininha.

Li algumas mamães reclamando do tamanho da blusa que era pequeno, mesmo em fraldas G ou GG. Mas quem quiser, pode entrar em contato com a Pampers que eles providenciam a troca.

gravidez-pampers

Comecei a colecionar o álbum da Copa do Mundo de capa dura. Como o João nasce praticamente na Copa do Mundo que vai ser aqui no Brasil, achei que seria legal ele ter essa recordação pra sempre com ele.

gravidez-copa

Comemoramos o Dia do Beijo com os beijos que a o João ganhou no dia do Chá de Fraldas.

gravidez-dia-do-beijo

O João ganhou do Tio Pedro e da Tia Gabi a cadeira de alimentação da Burigotto. Essa cadeira estava na minha lista de chá de bebê que deixei na Abra Cadabra (comentei sobre essa lista com vocês aqui) e quando eles compraram, a loja mandou diretamente para o meu endereço.

gravidez-cadeira-alimentacao

Completei 31 semanas de gravidez.

gravidez-31-semanas

Fiz uma ultra no dia que completei 31 semanas. João estava com aproximadamente 40cm e 1,760Kg. Meu grandão lindo fazendo biquinho ❤

gravidez-ultra-31-semanas

Recebi minha primeira Petite Box. Petite Box é uma caixinha que você recebe mensalmente com produtos de gravidez e bebê para testar.

Você pode fazer o plano mensal, trimestral ou semestral. O valor é a partir de R$44,90 (mais o frete até seu endereço).

Nesse box recebi um sapatinho e mais ítens de primeiros socorros e higiene.

gravidez-petit-box

Finalmente comprei a saída da maternidade do João. Apaixonei por essa que vem a mantinha, macacão e casaquinho. Tudo de lã.

Essa é novinha e eu comprei no grupo do Facebook “Vendinhas”. Nesse grupo mamães se desapegam de ítens dos seus filhotes e delas mesmas da gravidez.

Quem quiser entrar no grupo, me manda um e-mail que envio o link do grupo (deixei meu e-mail aqui no final do post).

gravidez-saida-maternidade

Comemoramos a Páscoa com o ovinho que a cegonha trouxe pra mim.

gravidez-desenho-barriga

Completei 32 semanas de gravidez.

gravidez-32-semanas

Eu sempre pedi pro príncipe pai pra ele me dar um filhotinho de panda. Ele sempre me prometeu e dessa vez cumpriu.

Chegou em Abril o macacão de panda em pelúcia que compramos no Aliexpress. Ele é bem grandinho. Compramos tamanho 1 ano, mas acredito que serve para uma criança de até 2 anos.

gravidez-roupinha

Sempre achei lindo mamães com pingentes de meninos ou meninas. Minha mãe sempre teve os dois, representando eu e meu irmão.

Finalmente comprei meu menininho, meu João, que agora vai sempre andar comigo, bem pertinho do coração.

Esse comprei na Lua Acessórios e foi R$62,00 (vem com o cordão).

gravidez-pingente-menino

Terminamos de lavar as roupinhas do João na casa da minha mãe, porque estamos com obra em casa. Agora só falta passá-las.

gravidez-lavar-roupas-bebe

Comecei a experimentar o creme contra estrias da Mantecorp, o Hidramamy. Já uso o Mustela e gosto muito, agora estou alternando os dois e em breve conto para vocês o que estou achando.

gravidez-hidramamy

Finalmente completei 33 semanas de gravidez. Faltam apenas mais 5 semanas pra chegada do meu baby. Estou muito ansiosa, nervosa, feliz, com medo, um misto de sensações maravilhosas.

gravidez-33-semanas

Essa foi uma pequena amostra do nosso Abril no Instagram. Maio já está bombando, então não deixe de seguir o @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com.

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

Um dia frustrante

Na gravidez, nenhum dia é igual ao outro

Ontem eu comentei aqui que tinha uma consulta pré-natal. Pois então. Saí cedo do trabalho, cheguei toda feliz no consultório e a médica não tinha ido. Segundo a secretária da médica, ela tentou falar comigo na sexta, mas eu não atendi.

gravidez-pre-natal

Fiquei um pouco chateada porque não tinha ligação nenhuma no meu celular e a secretária também não tentou me ligar mais e nem me mandou SMS.

Também fiquei bastante decepcionada porque fico muito ansiosa pra minha consulta pré-natal. Quero logo saber se tá tudo bem, quero ouvir o coração do baby, tirar todas as minhas dúvidas, saber os próximos passos da gravidez, enfim, tudo. Ainda mais agora que falta tão pouco, eu estou com tantas dúvidas na minha cabeça, minha listinha de perguntas que levo nas consultas tá gigante.

Mas ok, remarquei pra hoje e espero amanhã poder contar direitinho como foi tudo lá.

gravidez-consulta-pre-natal

Tirando isso, minha mãe mandou mensagem ontem contando que terminou de lavar as roupinhas do João que estavam faltando. Que felicidade, mais uma etapa cumprida.  Agora é esperar a passadeira ir lá na casa dela para passar as roupinhas. E quando a obra acabar aqui, poderei ir buscar lá para organizar tudo direitinho e montar a minha mala pra levar para maternidade.

Como vocês já sabem, o pedreiro tinha sumido e ficado de vir aqui ontem, mas nem deu as caras. Então a obra continua parada. Sr pedreiro, sr pedreiro, não mexa com os hormônios de uma grávida, o sr não sabe o perigo que está correndo, hein! Depois não diga que eu não avisei. rsrs

Então, não tenho muita novidade pra contar pra vocês. Só que eu ando recebendo e-mails fofos de pessoas que me acompanham pelo blog, pelo instagram. Alguns com dúvidas. E eu amo, amo saber que me acompanham, amo saber que ajudo vocês de alguma forma, amo saber que não to falando sozinha. Esse carinho, essa troca de figurinhas tem sido mega importante na minha gravidez.

E se você também quiser falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com.

gravidez-email

Bom, não posso deixar de comentar que ontem foi o dia da sogra e infelizmente não pude dar um beijo na minha pessoalmente. Mas agradeci em pensamento e oração à ela pelo anjinho que ela nos mandou para dar novo sentido à nossa família, alegrar nossos dias.

Para quem não sabe, minha sogra faleceu de câncer em Novembro de 2012. Quando estava prestes a completar 1 ano de falecida, poucos dias antes, recebemos a notícia da gravidez. O nome dela era JOANA e a data provável do parto, inicialmente, era dia 24/06, dia de São JOÃO (por isso o nome do nosso baby). Então, temos mais do que certeza que ele foi o presente que ela nos enviou, o modo que ela encontrou de dizer “Oh, to aqui sempre olhando por vocês”.

E eu sei o quanto ela tá babando cada momento lá de cima, o quanto ela está guardando nosso João.

Quando o João nascer, nós sempre vamos falar da Vó Joana pra ele, que é pra ele amar do mesmo jeito que vai amar os três avós que estão aqui de corpo presente.

Beijos,

Nanda 😉

O bom e o ruim de estar grávida

Tudo na vida tem uma parte boa e uma ruim, com a gravidez não é diferente

gravidez-lado-bom-lado-ruim

Uma das partes boas da gravidez é ser paparicada o tempo todo. Seus amigos e familiares ficam muito mais carinhosos, muito mais preocupados e prestativos com você.

Quer dizer, tirando o meu pai, que não entende muito bem esse lance de gravidez. Ele anda rápido na rua e fica com raiva quando eu não acompanho o ritmo, manda eu andar mais rápido. Alow, já viu o tamanho desta barriga? Então, ela pesa muito, não posso e não consigo andar mais rápido que isso. É devagar, eu sei, mas é o que tem pra hoje.

Voltando ao assunto, é muito bom esse carinho todo.

gravidez-carinho

Sábado mesmo, fui numa festa e fui super paparicada por meus amigos, alguns que nunca foram tão próximos e tal. E até por quem eu nunca tinha visto, que me parava, falava do barrigão e emendávamos algum assunto sobre a gravidez em geral. Isso realmente é muito bom, porque, como já disse, esse é meu assunto predileto.

Ah, uma pergunta que não parei de responder ontem, e que respondo o tempo inteiro é: É normal ou cesárea?

Não me incomodo de responder, nem fico de saco cheio com essa mesma pergunta o tempo todo. Mas juro que fico me questionando o motivo dessa curiosidade das pessoas. Eu não me recordo se antes de ficar grávida eu perguntava isso pra outras grávidas. Porque eu realmente não sei no que isso muda alguma coisa. rsrs

Sábado, por acaso, todas as vezes que respondi que seria cesárea, todo mundo respeitou, entendeu a minha decisão. Mas como eu já comentei aqui, na maioria das vezes, quando respondo isso, as pessoas torcem o nariz, criticam de alguma maneira. Outra coisa que também não entendo, já que o corpo é meu, o filho é meu e, principalmente, a vida é minha.

gravidez-minha

Ok, já falamos bastante sobre esse assunto anteriormente.

Agora, se tem uma coisa que eu detesto na gravidez, é o de me sentir muito inútil.

Eu odeio ver os outros fazendo as coisas e não poder fazer nada. Tipo na mudança da minha vó, todo mundo carregando caixa e eu sentada no sofá. Ou quando voltamos do chá do João e estávamos descarregando o carro, todo mundo levando sacos gigantes, bolsas e eu sentada no sofá mais uma vez.

No início da gravidez, eu realmente achava que esse lance de não poder fazer esforço, carregar um pesadinho, era frescura. Mas não é mesmo! Só de tentar levar uma coisa pesadinha, a barriga já fica dura, o fôlego acaba. De verdade.

Sábado, por exemplo, como comentei aqui, tirei o final de semana off e resolvi fazer faxina no quarto. Não é o ideal, mas como não posso pagar uma diarista, alguém precisa fazer algo, senão vira um chiqueiro, né?!

gravidez-fazendo-faxina

Fiz bem devagar, parava e descansava de vez em quando. Nos cantos que eu teria que abaixar ou subir em escada, pedia pro príncipe pai fazer.

Levei bastante tempo pra terminar, comecei por volta de 12h e terminei por volta de 17h. Mas consegui!

Quando terminei, fomos pra festa da nossa amiga e logo que cheguei lá comecei a sentir uma dor nas costas insuportável. Uma dor tão forte que as costas ardiam. Aí a dor nas costas aumentou pra uma dor no pé da barriga, depois para as pernas. Acabou que não fiquei muito tempo na festa e vim logo pra casa.

Chegando em casa tomei uma Novalgina (lembrando que quem me liberou tomar Novalgina foi a minha obstetra, não se toma NENHUM remédio sem indicação do seu médico). Desde que engravidei, tento evitar remédios ao máximo. Apesar da minha médica ter liberado alguns (pouquíssimos medicamentos), só tomo quando está realmente impossível.

Deitei me sentindo mega pesada, tudo pesava no meu corpo de tanto cansaço. Graças a Deus, não tem nada que  uma boa noite de sono não cure (apesar de acordar de hora em hora pra fazer xixi) e acordei outra pessoa no Domingo.

gravidez-dormindo

Mas fica a lição. Não dá mesmo pra abusar, a condição física não é mais a mesma e tem que se acostumar com isso.

Dá sim para fazer as tarefas de casa. Desde que seja com calma, fazendo pequenos intervalos, não abusando e, principalmente, descansando depois do término.

E vocês? Fazem as tarefas de casa mesmo com o barrigão?

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Um dia de fúria

A gravidez é um momento lindo, mágico e especial, mas também é um momento de muito stress

gravidez-stress

Nossa, como eu ando estressada. Parece que eu tenho que resolver o mundo inteiro em uma semana.

Provas, chá, quarto do João, terminar de lavar e passar as roupinhas do João, arrumar a mala da maternidade, trabalho, trabalhos da faculdade, MEU DEUSSSSSSSSSSSS! Vou surtar.

Tô sem paciência pra nada, tudo e todo mundo me irrita.

gravidez-estressada

Ontem no ônibus, no trânsito, uma mulher conversando gritando com a outra tava me irritando demais da conta. Vontade de gritar para elas pararem de gritar e conversar baixo.

Já na faculdade, fazendo prova, tinha uma menina atrás de mim sussurrando e reclamando de tudo, reclamava da professora (que inclusive, é minha mãe), da prova que não tinha espaço pra ela escrever o nome, que tava difícil. AAAAAAI! Quase virei e falei: “Filhinha, fala alto pra professora escutar você reclamando dela. Não é justo você encher só meu ouvido, sua mala sem alça.”

Aí parece que chego em casa e toda aquela carga cai sobre cima de mim e eu começo a chorar de cansaço, de stress, porque nem eu tô me aguentando. Sim, o que ninguém te conta é que a gravidez são 9 meses de TPM constante!!!!!!!!!

gravidez-tpm

Tenho a sensação de que vou explodir a qualquer momento. Sabe um dia de fúria? Sair gritando para as pessoas na rua que elas são mau educadas, que elas são sem noção, que eu to estressada e que elas têm que me entender, oras!

Quem sofre mais com isso, obviamente que é o príncipe pai. Porque acabo descontando nele sem motivo e a gente acaba brigando por besteiras. E olha que ele é bem paciente e pra brigar comigo custa muito.

Sei que o stress, a falta de paciência fazem parte da gravidez,  culpa dos famosos hormônios. E também sei que ficar desse jeito não faz bem nem pra mim e nem pro meu baby, mas é muito difícil eu simplesmente me desligar e falar “não, não vou ficar irritada porque me faz mal”. É mais forte do que eu, eu juro que tento, mas realmente não consigo não me irritar.

Acho que eu preciso mesmo é de um day off. Viajar, sabe?! Mas como? Se eu preciso resolver todas essas coisas e ainda trabalhar e estudar? Difícil!

Hoje estou completando 29 semanas. Está quase lá. Estou tentando muito ser uma boa mãe desde já. Ainda mais porque ele tá quase aí.

gravidez-29-semanas

Por isso, quando cheguei no trabalho hoje, coloquei uma musiquinha mais calma do que as que costumo ouvir e tô tentando muito não me estressar.

Além disso, li que agora, nessa fase, as necessidades nutricionais do meu bebê estão aumentando, então preciso ter uma alimentação mais saudável com proteínas, vitamina C, ácido fólico (tomate, ervilha, brócolis) e ferro (carne vermelha). E vou tentar incluir esses alimentos na minha alimentação diária.

Vou tentar também reduzir os refrigerantes para apenas aos finais de semana, até conseguir parar de vez. Vamos lá. Força!

Desejo à vocês muita calma e serenidade. rsrs

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Vamos às compras?

Montar o enxoval durante a gravidez, que coisa mais gostosa de se fazer

Essa semana está tendo aqui no Rio de Janeiro, Riocentro, a Feira Mega Gestante e Bebê.

Eu amo essa feira porque você encontra tudo em um lugar só, até o que você nem imaginava que existia, e por um preço muito mais em conta do que normalmente encontramos nas lojas por aí.

E essa edição é ainda melhor, porque é o saldão anual. Vai até domingo agora, dia 30/3.

Eu já fui em duas edições. A primeira, que ocorreu em Dezembro do ano passado, tava no início da gravidez e não comprei quase nada. Fui mais pra olhar as opções que tinham, pesquisar os preços (que até então eu não tinha a menor idéia) e para decidir como eu queria meu enxoval. A segunda que fui, ocorreu mês passado, Fevereiro, e comprei quase todo o meu enxoval. Fui em dois dias (sábado e domingo) e quando eu digo que comprei quase tudo lá, não estou exagerando. Quer ver?

Esse é o príncipe pai voltando da feira. Talvez eu vire uma mãe solteira depois dessa foto, mas tudo pela informação, né?! rsrs Sorry, amor!

Obs: sentado na almofada de amamentação que compramos no dia

Obs: sentado na almofada de amamentação que compramos no dia

E esse foi o saldo da última edição que fui. As fotos não estão muito boas, porque tiramos na pressa, só pra mostrarmos pra nossa família no Whatsapp.

Na primeira edição, que fui com meu primo (padrinho do João) e o príncipe pai, meu primo brincou que o quartinho teria que ser de ursinho marinheiro porque ele faz Engenharia Naval. Na hora rimos e tal, mas começamos a ver tanta coisa fofa de ursinho marinheiro que ficou decidido esse tema. Agora eu estou totalmente apaixonada por tudo de marinheiro.

Essa é a porta de maternidade, que também vai ficar na porta do quartinho dele, claro. Eu amei num grau. Cada detalhezinho. As roupinhas dobradas, os puxadores em formato de ursinho, as luzes do closet que acendem. Foi uma das coisas que mais gostei.

Originalmente era com um menininho marinheiro, mas pedi pra trocar por um ursinho marinheiro e eles trocaram e personalizaram com o nome dele na hora. Não vou me recordar ao certo, mas custou por volta de R$160,00. ❤

gravidez-comprar-porta-maternidade

 

Essa é a almofada de amamentação, acho que custou por volta de R$50,00. Esse stand é ótimo, fica logo na entrada da feira. Na primeira edição que fui, comprei lá nesse mesmo stand a almofada pra eu dormir que é uma coisa dos Deuses. É como se fosse em formato de uma bengalinha, daí eu me encaixo ali e abraço ela. No início da gravidez me serviu muito, hoje só ela não me basta, durmo também com 3 travesseiros. rsrs

gravidez-comprar-almofada-amamentacao

Essa banheira quem deu foi a Bisa e a Tia Avó Cora (elas foram com a gente em um dia). Eu confesso que preferia uma toda branca, mas realmente não achamos e essa tá bem fofa, né?! Não me recordo o preço, mas chutando, acho que foi R$120,00. Além desse suporte para shampoo e sabonete que é super útil, ela tem também a mangueirinha pra esvaziar.

gravidez-comprar-banheira

Esse bebê conforto veio com o carrinho. Quem deu o kit foi a tia avó Marcia babona, coruja e que já temos certeza que vai mimar o João horrores. Sim, estamos de olho nela, um perigo.

Ele tem trava de segurança e lugar para passar o cinto de segurança do carro.

gravidez-comprar-bebe-conforto

Um dos meus itens preferidos, o berço portátil, que você tira a parte de cima e vira um cercadinho. Além dele ser gigante (na foto não dá pra ver o quanto ele é grande), vem com um móbili, um trocador e um colchãozinho extra. Ah, e vem a bolsinha pra você carregá-lo desmontado. Valeu super a pena. Foi R$300,00 e quem deu foi a Bisa e a Tia Avó Cora também.

gravidez-comprar-berco-compacto

Papai levou uma leve surra pra montar e depois da foto ele desmontou rsrs

Bolsinha térmica pra levar comidinha e mamadeira. Custou R$30,00.

gravidez-comprar-bolsa-termica

Capa do Carrinho, capa do bebê conforto e capinha pra carregar o bebê na saída da maternidade. Não abri pra tirar a foto pra não pegar poeira. Mas dá pra ter uma idéia, mais ou menos. Quem deu foi a Tivó Marcia.

gravidez-comprar-capa-carrinho

O carrinho da Cosco que faz parte do kit com o bebê conforto que mostrei aqui em cima.

Fiquei muito na dúvida em qual carrinho comprar, porque não conheço nada. Mas a minha amiga tem esse carrinho que a filha dela usa e adora (de outra cor). Daí comprei também. O kit custou acho que R$890,00 e ainda ganhei de brinde uma chupetinha que você coloca o remédinho dentro pra dar ao bebê. Quem deu foi a Tivó Marcia.

gravidez-comprar-carrinho

Papai também levou uma leve surra pra montar, até sangue saiu rsrs

Essa chupetinha é o máximo. Eu já conhecia antes mesmo de saber da minha gravidez e ficava pensando que, com certeza, compraria pro meu filho. Nela, você coloca a frutinha e o bebê vai chupando só o suquinho, sem nenhum pedacinho.

Tinha contado pra uma amiga, dando a dica pra bebê dela. No dia da feira, ela foi comigo também e procurou muito, quando achou comprou pra baby dela (rosa) e pro João (azul). ❤

gravidez-comprar-chupeta-frutas

O ursinho comprei pra decorar o quarto. Comprei também (em outro stand) um kit com 3 nichos quadradinhos, um de cada tamanho, e pretendo colocar esse ursinho no nicho maior.

gravidez-comprar-decoracao-quarto-bebe

Que foi, gente?! Meu filho é surfista, dá licença? rs

gravidez-comprar-envoval

A Tivó Marcia deu o potinho com vários compartimentos pra colocar o leite em pó e o kit com tesourinha e o cortador. E essa é a chupetinha de colocar remédio que eu disse que ganhei junto com o carrinho.

gravidez-comprar-enxoval-baby

Mais presente da Tivó Márcia. Kit com cabides, mantinha, lençol, mosquiteiro pro carrinho.

gravidez-comprar-enxoval-bebe

Comprei esses kits que vem com touca, luva e meia. Foi R$5,00 cada um (ou menos, não me lembro direito). Usa muito quando ele é recém nascido, que as unhas são muito grandes e o bebê se arranha. Ah, e o João vai nascer no inverno, né?!

Embaixo é lençol e fronha.

gravidez-comprar-enxoval-de-bebe

O Kit berço com 11 peças: 1 edredom, 1 cabeceira, 1 trocador, 2 laterais de berço, 1 lençol de cima, 1 lençol de baixo, 1 fronha, 1 mosquiteiro, 1 bandô de mosquiteiro e 1 almofada bordada. Custou por volta de R$200,00.

gravidez-comprar-kit-berco

Muito amor nesse kit higiene com estampa de azulejo português. Tá tudo deitadinho, porque tá embalado.

Ah, e acompanha a lixeira.

Adivinha quem deu? Isso mesmo, a Tivó Marcia.

gravidez-comprar-kit-higiene

Móbili de ursinho marinheiro que toca musiquinha. ❤

gravidez-comprar-mobili

Um ofurô pro meu baby porque ele é phyno. Os bebês amam ficar aí dentro com água morna, eles ficam bem quietinhos, têm a sensação de estarem no útero. Não, não é um balde. Ele é mais fininho, mais compridinho, feito especialmente pro baby. ❤

E a outra é uma chupetinha que mede a temperatura do bebê. Legal, né?

gravidez-comprar-ofuro

Pingente de cortina no tema ursinho marinheiro. Comprei no mesmo stand do móbili que mostrei aqui em cima.

gravidez-comprar-pingente-cortina

Sério, essa cuequinha é menor que meu iPhone. Morri que nem tem pintinho pra colocar aí dentro. rsrs ❤

Bisa que deu.

gravidez-mega-feira-gestante-bebe

Comprei uma cinta como essa, mas tô usando agora. Ela é ótima, dá uma super estabilidade, tem me ajudado muito. Não lembro se foi R$40,00 ou R$60,00.

gravidez-cinta

Além disso, comprei todos os móveis pro quartinho, que chegaram depois, mas ainda não montei porque não fiz a obra. Berço com 3 alturas e que vira cama, cômoda e armário por R$1.300,00 tudo. Muito em conta.

Amanhã vou de novo para comprar os últimos detalhes.

A minha dica é de chegar cedo. Abre às 14h, porque logo depois começa a encher bizarramente.

Outra dica é que se você está no início da gravidez, sei que a ansiedade é grande, passei por isso, mas não se afobe. Você não precisa comprar tudo de uma vez. Provavelmente ainda vai pegar mais 2 edições da feira antes do bebê nascer. E pode acabar se arrependendo do que comprou ou achar algo mais legal ou até mesmo, mais em conta. Vai com calma, pesquisa, respira, depois vai comprando.

A feira tem entrada gratuita e o estacionamento aos finais de semana tem o valor de R$20,00. Pra quem quiser mais informações, o site da feira é esse aqui. Boas compras.

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Dia de ultra é um dia feliz

Porque a ultra é uma das coisas mais gostosas durante a gravidez, aquele momento que nos sentimos mais próximos de nossos bebês

gravidez-ultrassonografia

Ontem estava arrumando minhas coisas para o dia de hoje e peguei minhas pastinhas de exame, pois tinha uma ultra marcada hoje. Eu acho muito importante ter essa pastinha de exames feitos durante a gravidez. Coloco também nessa pastinha todas as informações úteis como: contatos da minha médica, hospital que terei o bebê, pedidos de exames a serem feitos, etc.

Eu sempre ando com a minha pastinha na bolsa/mochila (não sei porque diabos cargas d’água dessa vez ela não estava), porque, caso aconteça alguma emergência, você tem todo seu histórico ali com você. Pode parecer exagero, besteira, mas não é. No início da gravidez, eu ia parar no hospital toda hora. Conheci a ala da ginecologia, do ultrassom, cardiologia, ortopedia. E juro que não é brincadeira. rsrs. Já tive sangramento umas duas vezes, uma vez depois de comer meu estômago inchou e eu achei que estava morrendo infartada (sério, não ri rsrs), da outra vez eu caí de bunda no chão e machuquei o cóquix (essa foi a pior, tem mais de 2 meses do ocorrido e ainda sinto dores absurdas).

gravidez-no-medico

Sem contar também que sempre que for fazer uma ultra e for fazer o pré natal na obstetra, precisa levar os exames anteriores. Então é melhor deixar tudo organizadinho junto, não acha?

Enfim, continuando a minha história, arrumando minha pastinha vi que tinha um outro pedido de ultra que não informava a data que era pra ser feita (a Dra Izabel sempre escreve o período que eu devo fazer a ultra) e não dava maiores informações no pedido, apenas dizia que era pré natal. Mas ok! Depois eu perguntaria pra ela do que se tratava e quando eu deveria fazer. No momento estaria me preocupando só com a que eu já iria fazer hoje.

Acordei toda feliz que iria fazer uma ultra e ver meu João. Fico contando os dias e os minutos para a ultra, a hora de ver o tamanho do meu bebê, o quanto ele se desenvolveu, que posso ver ele se mexendo. Sem contar que fico sabendo também se ele está bem, né?!

gravidez-feliz

Chegando lá, o laboratório estava sem sistema e só poderia pegar o laudo em 1 semana, ou seja, na próxima sexta. Tudo bem que a minha médica seria na quarta, tudo bem que terei que adiar. Tudo vale a pena pra ver aquela coisa pequenina que habita meu útero.

Entrando na sala da ultra já achei estranho não ter nenhuma TV para ver meu baby. Toda salinha tem essa tv pra você poder acompanhar o exame. Mas ok, estava esperando o médico virar o computador e me mostrar alguma imagem do João, mas a ultra acabou e ele não virou. Nem o coração do meu baby eu pude escutar.

Ô mamâe burra! Não leu no pedido da ultra que não era uma ultra convencional? Era uma cardiografia, ou seja, só pra saber se tá tudo bem com o coração dele. Nem o médico era de ultra, era um cardiologista. Eita, burrice minha!

Aquele pedido de exame que eu não sabia a data era pra ser marcado para esse mesmo dia, mas com outro profissional.

Aí agora lá vou eu correr e tentar marcar uma ultra pra semana que vem. Quase um milagre conseguir um horário, mas vamos lá. Como diria a minha mãe: “O ‘não’ eu já tenho, vamos tentar conquistar o ‘sim'”.

Bom, espero que vocês tenham um ótimo final de semana e depois eu volto pra contar mais trapalhadas histórias dessa barriguda aqui durante a gravidez.

Ah, sim! Muito importante! Está tudo bem com o coração do João. Ele está de cabeça pra baixo e de costas (olhando pro meu bumbum) – ô menino danado. Segundo o médico, o coração do João está pronto para se apaixonar. Pena que, geralmente, é por aquela piriguete que vai te chamar falsamente de tia. Ai, desse jeito, o meu coração é que não vai aguentar.

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo sobre qualquer assunto, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Escolhendo o Obstetra

Escolhendo o Obstetra que irá te acompanhar na gravidez

Eu queria começar dizendo que tô muito feliz porque logo no primeiro dia o blog recebeu 60 visitas. Parece pouco, mas pra mim é muito e quero muito mais, quero que cresça cada dia mais, nem que seja 1 visitinha a mais por dia.

Bom, hoje eu queria conversar com vocês sobre a escolha do médico obstetra que te acompanha durante a gravidez. Gostaria também de trocar opiniões, dicas, conselhos. Então, pode me mandar mensagem, comentário, e-mail, o que for. O propósito desse cantinho é compartilhar com vocês as minhas experiências (nem que sejam mínimas) e poder também contar com a ajuda de vocês nesse aprendizado diário.

gravidez-obstetra

Logo que recebi o resultado positivo, o primeiro conselho foi: marca logo um médico obstetra.

Eu não tinha uma médica certa, havia uma médica que eu tinha achado no livrinho do plano e tinha ido nela umas duas vezes, porque era próximo ao meu trabalho. Inclusive foi ela que mandou eu fazer o exame de sangue, pois desconfiava que eu estava grávida.

Mesmo sem ter confiança e nem indicação dela, eu marquei.

Ah, é muito importante que quando você for marcar, informe que é para iniciar o pré-natal, pois assim as secretárias dos médicos te encaixam no horário mais próximo que tem. Porque vou te contar, viu?! Tem médico que só tem horário pra daqui há uns 2/3 meses. Até lá, seu filho já até nasceu. Tá, é exagero, mas você entendeu.

gravidez-pre-natal

No dia marcado, fui com o príncipe pai.

Vamos lá, vou dar a minha opinião, ok?! É minha primeira gravidez, eu não sei nada do que vai acontecer daqui pra frente, eu tô assustada, tô insegura, fragilizada até. Preciso de alguém que me acolha, que tenha paciência comigo e que me oriente, dizendo os próximos passos e tudo mais.

Bom, entreguei o exame pra ela e ouvi um: “Bom, você tá grávida, você sabe, né?!”. O que, pra mim, soou mais com um esporro e não como um desejo de felicitações.

gravidez-esporro

Depois disso, me passou uma bateria de exames, um remédio pra tomar e disse pra eu voltar depois do exame. Mais nada.

Apesar dela não ter me dado abertura, eu fiz uma pergunta sobre semanas da gravidez, porque tinha ouvido falar que no primeiro mês, são mais de 4 semanas. Nossa, ela foi super grossa e fez uma cara de absurdo e disse que é só saber contar, que um mês só pode ter 4 semanas, ainda pegou o calendário pra me mostrar como se eu não soubesse contar.

Óbvio que fiquei super sem graça e não perguntei mais nada.

gravidez-casal-perdido

Saí de lá mais perdida do que eu entrei. O príncipe pai ficou irritadíssimo com a médica.

Nunca mais voltei e ela também não teve nem a preocupação de saber o motivo.

Contei isso para uma amiga que me indicou a médica dela e disse que eu precisava conhecê-la, caso não gostasse, que fosse em outro, até eu me identificar com algum.

A parte boa dessa experiência horrorosa é que já fui na segunda médica já com todos os exames feitos.

Chegando na segunda médica (fui com o Leandro de novo), Dra Izabel Bernardo, me surpreendi. Me surpreendi primeiro porque ela te recebe de braços abertos, literalmente, pra te dar um abraço bem forte. E, independente do dia, ela sempre me recebe assim.

Viu meus exames, perguntou sobre meu plano médico, disse então em qual maternidade seria o parto, perguntou que tipo de parto eu queria e me explicou um pouco sobre os dois (essa parte eu vou contar em outro post), disse o que eu posso comer e o que devo evitar, disse o quanto é indicado engordar, disse também os sintomas mais comuns e como evitá-los (os que dá pra evitar, claro).

Enfim, nos deu uma aula. Saímos de lá super satisfeitos, felizes e seguros.

Sem contar, que ela deu o número do celular dela e disse que o que precisássemos, poderíamos ligar, mandar mensagem, whatsapp, o que fosse. E realmente! Precisei duas vezes dela já e ela sempre esteve disponível e dizendo que não é incômodo nenhum. Até quando estava viajando de férias e eu levei um tombo (depois conto isso também), ela se mostrou preocupada.

gravidez-medica-disponivel

Uma coisa que depois aprendi foi fazer uma listinha de dúvidas e agora sempre levo nas consultas. Nossa, a Dra Izabel tem a maior paciência de explicar uma por uma, ela até parece gostar das listinhas rsrs.

Lembra que lá em cima eu disse que a outra médica não teve preocupação em saber o motivo do meu sumiço? Então, outro dia eu estava esperando no consultório da Dra Izabel para ser atendida e comecei a reparar que a secretária dela estava ligando para algumas gravidinhas que não iam lá há mais de um mês e perguntava se tava tudo bem, se tinha acontecido algo e se ainda tinha interesse em continuar o pré-natal com a Dra. Nossa, achei aquilo o máximo! E é assim que deve ser.

Achei que essa experiência ruim com a primeira médica tivesse sido um azar meu, um caso isolado, mas nem é. Uma amiga que descobriu agora pouco que está grávida estava super chateada com a médica dela e ainda pediu indicação da minha.

Ela disse que a médica não passou nenhum remédio, não pediu nenhum exame, apenas uma ultra e não explicou nada. Quando ela perguntou o que podia e o que devia evitar de comer a médica foi curta e grossa: “gravidez não é doença”. (nossa, poucas frases me irritam mais do que essa).

Ela fez a ultra, mas não deu pra ver o embrião. Ficou desesperada. Voltou na médica e a Dra ainda deu um esporro porque ela não avisou que o ciclo dela era diferente, se ela avisasse, saberia que não dava pra ver o embrião. Oi? Eu que tenho que avisar? Como eu vou saber que sendo o meu ciclo diferente, a contagem é diferente? Eu desconhecia totalmente isso.

Enfim, ela fez outra ultra ontem, viu seu amendoinzinho e ouviu o coração dele. E hoje vai na Dra Izabel. Já quero saber como foi a consulta e o que ela disse. rsrs

amendoim

Pra terminar, a minha dica é que se seu santo não bateu com o médico, algum mínimo detalhe te incomodou, procura outro. Vai procurando até achar o médico pra chamar de seu. Porque ele vai te acompanhar na fase mais importante da sua vida, então você precisa estar segura nesse momento, ok?

Um Beijo,

Nanda 😉

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com