Principais doenças do verão e como se proteger

O verão já tá quase aí, começa no dia 21/12, e quando ele chega algumas doenças tornam-se mais frequentes por causa das características da estação. Por ser época de férias escolares, festas e de feriados prolongados, as pessoas saem e viajam mais. Então ficam mais tempo ao sol, comem em locais de lazer,  tem alta concentração de pessoas no mesmo local e vários outros fatores que aumentam o risco e exigem cuidados para prevenir doenças e garantir que a diversão não tenha que acabar mais cedo.

mae-nao-dorme-verao

O primeiro passo é evitar que as crianças fiquem expostas ao sol nos horários em que ele tá mais forte, e sempre se lembrar de passar o filtro solar. Outro cuidado importante é ficar atenta aos sinais que a criança pode apresentar, como falta de energia e qualquer alteração na pele.

No caso dos pequenos, o risco de pegar uma doença contagiosa é maior, porque o sistema imunológico ainda não está maduro.

mae-nao-dorme-criancas-na-praia

Essas são as doenças mais comuns da estação e algumas dicas importantes para evitar a suas incidências:

Conjuntivite – Inflamação na membrana fina e transparente que reveste a parte da frente do globo ocular e o interior das pálpebras. A irritação pode ser provocada pelo sol ou pelo contato com substâncias irritantes, como a poluição ou o cloro de piscinas. Pode também ser causada por vírus ou bactérias. Para evitar a doença, é indicado sempre lavar as mãos, não coçar os olhos, usar óculos de natação e evitar abrir os olhos debaixo d’água.

Otite – O canal auditivo externo, situado entre a orelha e a membrana do tímpano, inflama-se com facilidade quando submetido a ventos e água, principalmente de piscinas, mas também de rios e mares. Pode ser causada por fungos ou bactérias e costuma provocar zumbido e dor forte. O ideal é evitar que a criança fique muito tempo à água e usar cotonetes só para higienizar o lado de fora do ouvido, já que a remoção da cera também pode causar otite.

Desidratação – É a perda de líquidos e sais minerais do corpo. Essa perda pode ser provocada por infecção intestinal ou pela exposição excessiva ao sol. Uma pessoa desidratada fica com sede, com a boca e mucosas secas, olhos ressecados e fundos, além de passar muito tempo sem fazer xixi. Para prevenir a desidratação, o ideal é usar roupas leves, tomar bastante líquido, não comer alimentos que tenham ficado muito tempo fora da geladeira e sempre permanecer em lugares arejados e frescos, longe do sol, para evitar um risco maior que é a insolação.

Diarreia e/ou vômitos – A diarreia pode ser por causa de vírus, bactérias, parasitas, efeito colateral de antibiótico ou o consumo de alimentos estragados ou contaminados. Para evitar, é indicado lavar as mãos constantemente, lavar as frutas e verduras que serão consumidas e redobrar o cuidado com os alimentos ingeridos fora de casa.

Doenças de pele – No verão, as crianças estão mais expostas à umidade, seja porque brincam na água ou só porque transpiram mais. O excesso de umidade favorece o aparecimento das doenças de pele, que são causadas geralmente por fungos ou bactérias. O ideal é trocar as roupas molhadas por secas, com preferência para aquelas de tecidos de algodão e de cores claras, pois permitem maior ventilação da pele e refletem os raios de luz e o calor.

As vitaminas são importantes para o bom funcionamento do organismo. Cada uma delas tem uma função específica que ajuda a prevenir doenças. A vitamina C, por exemplo, tá presente em frutas como laranja, limão e acerola, em folhas cruas e em vegetais. É um antioxidante que ajuda a aumentar a resistência às infecções e também é ótima na cicatrização.

As crianças precisam de mais atenção ao se alimentar para ter um bom desenvolvimento. Uma boa opção é a vitamina C em formato de gominha sabor laranja, que oferece de forma divertida a complementação alimentar de crianças de 4 à 10 anos. Uma gominha por dia já atende a necessidade diária de nutriente das crianças. A marca já tinha o pacotinho com 25 unidades e agora acaba de ampliar sua linha e apresenta uma nova embalagem com 100 gominhas, que alia praticidade e melhor relação custo/benefício. É super fácil de encontrar, em qualquer farmácia. Preço médio é de R$ 10,99 (25 unidades) e R$ 39,00 (100 unidades).

Redoxitos_25uni_ALTA Redoxitos_100uni_ALTA

E se você curtiu desse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s