O que ninguém nunca vai te contar sobre a maternidade

O cansaço, sem dúvida, é o lado obscuro da maternidade. Só que ninguém nunca te contou, nem vai contar. Porque mãe que é mãe nem liga que o filho cansa, a gente quer é mais

mae-nao-dorme-cansada

Vou começar esse post dizendo que morro de saudade dos dias que passei na maternidade, com enfermeiros e médicos me auxiliando em tudo, parecia até que eu estava em um hotel. Os últimos dias que dormi na vida. rsrs.

Ok, é um pouco (bem pouquinho mesmo) de exagero. Mas o que quero conversar com vocês hoje é o quanto é cansativa a vida de mãe.

Eu chegava do trabalho e da faculdade e achava que estava cansada, mas não, eu nunca soube o que realmente é estar cansada antes do João nascer. Nesses 4 meses, eu pude realmente ver o limite de um cansaço.

mae-nao-dorme-muito-cansada

No primeiro mês é desesperador. É O João nunca foi uma criança que chora muito, mas um bebê que acabou de nascer, tem que se ambientar ao lado de fora, tem que aprender a dormir. Me ensinaram no hospital a dar mamar de 3 em 3h, mesmo se ele tivesse dormindo. E ele foi acostumando que mamar é de 3 em 3h. Mas o problema que não era só isso. Mama, aí faz cocô, troca a fralda (depois aprendi num livro a não acender a luz de madrugada nem pra dar mamar e nem pra trocar fralda, ficar só com a luz de apoio, a usar fralda noturna e só trocar se ele fizer cocô – essas duas coisas me ajudaram muito) , acende luz, ele desperta, quando chora você ainda não entende o motivo do choro, você tá insegura, às vezes dá uma coliquinha, aí faz dormir de novo. E até você dormir realmente, já tá quase na hora dele mamar de novo. E isso é realmente desesperador!!!!! Era tão desesperador que eu chorava de cansaço, chorava de sono.

Meu casamento entrou em crise. Quase não ficávamos de bem, estávamos sempre discutindo ou estávamos brigados. Pensei que fossemos nos separar. Mas hoje vejo que estávamos muito cansados, estressados. Não soubemos administrar isso direito.

É uma fase que parece que nunca vai acabar, mesmo as pessoas falando que vai passar, eu ficava pensando: “Mas meu Deus, todo mundo fala que vai passar e não passa nunca, quando realmente vai passar?”. Não sei exatamente quando passou, mas passou.

Realmente passou mesmo. O João começou a espaçar mais o sono e a entender que à noite é mamar e dormir de novo (às vezes não dá muito certo, mas na maioria das vezes, sim). Só que quando acaba uma fase díficil, você entra em outra fase difícil e assim vai, é um ciclo vicioso. A diferença é que você vai aprendendo a lidar com o cansaço, você já entende melhor o choro do seu filho (se é de fome, desconforto, dor, manhã – na época o leandro pesquisou uns vídeos que desvendam o choro de bebê, ajudou muito a gente, mas com o dia-a-dia, a gente foi entendendo melhor do que com os vídeos que quando ele chorava a gente tentava desvendar se o choro era igual ao que a moça do vídeo dizia que era de fome), já sabe o que pode acalmar, etc. O problema que o que um dia super dá certo pra acalmar seu filho, no dia seguinte já não funciona mais e você fica na tentativa e erro.

Sempre me diziam pra eu aproveitar que o João está dormindo de dia para dormir também. Ok, mas aí quem arruma a casa, lava roupa, passa?Então isso de dormir de dia com ele comigo nunca rolou.

mae-nao-dorme-atarefada

No início tentava deixar ele na cadeirinha e fazer as coisas de casa. Percebi que ele se estressava muito mais, eu me cansava muito mais e não conseguia fazer nada. Um dia me dei conta de que ele precisa de atenção e resolvi me doar 100% ao meu filho quando estou só eu e ele. Posso dizer que minha vida melhorou muito. Quando ele tá acordado, eu sou só dele. Brinco com ele, estimulo, beijo o dia inteiro. Logo ele se cansa e dá uma soneca, aí sim corro para fazer as coisas aqui em casa. Nem sempre dá certo, porque ele acaba não dormindo por muito tempo, então minha casa vive uma zona doida que só consigo dar um jeitinho quando o Leandro chega à noite. Às vezes eu tô tão cansada de noite que não dou jeitinho nenhum por isso, mas me absolvo da culpa.

Minha mãe não gosta, vive falando que sempre deu conta de mim e da casa sem problemas. Eu não sei como e gostaria muito que fosse assim por aqui também, mas infelizmente não é. E por conta disso me cobro muito. Por conta disso me sinto péssima mãe. Não só pelo que minha mãe fala, mas porque vejo mães que tem, às vezes, mais de um filho e dá conta da casa e do filho, que a casa vive um brinco. Eu ainda não descobri como conseguir fazer isso, mas espero que consiga com o tempo.

Ainda é muito difícil. Uns dias mais tranquilos, uns mais pesados. Tem dias que minhas costas queimam de tanta dor, outras que o João dorme tanto à noite (umas 6/7h seguidas) que acordo renovada. Semana passada coloquei na minha cabeça que iria fazer ele dormir no berço (ele está bem pesadinho pra ficar ninando ele o tempo todo). Foi mais de 1 hora de muita paciência, muita força. Tiveram momentos que eu tive a sensação de que iria desmaiar de cansaço, mas não me permiti desmaiar. O Leandro dizia pra eu ir descansar que ele ficaria lá do lado, mas não fui, eu sabia que eu era capaz, eu queria provar para mim mesma que era capaz. Capaz de ser mais forte do que eu penso ser.

Sabe, eu me cobro muito como mãe. Não me considero uma boa mãe, longe disso. Eu acho que “sobrevivo” como mãe.  O dia que minha mãe comentou numa foto minha dizendo que tem orgulho de mim (como mãe) eu desandei a chorar. Ter a aprovação dela é muito importante pra mim. Sua mãe te aprovando como mãe é a melhor coisa que você pode esperar.

mae-nao-dorme-super-mae

Eu confesso: Teve um dia que eu estava tão desesperada de cansaço que me peguei falando que se eu soubesse que ter filho é tão cansativo, jamais teria. Me desculpa, porque é tudo mentira. Sabe por que ninguém nunca vai te dizer para não ter filho, que filho cansa? Porque tudo compensa. Compensa quando sinto o cheiro do João, quando o vejo dormindo, quando o vejo sorrindo, quando o vejo conversando e até quando, como agora, que ele tá brincando sozinho com o pé, porque essas pequenas descobertas são os melhores momentos que você pode vivenciar.

Veja bem, eu não estou reclamando da minha vida, estou desabafando. Porque às vezes é preciso isso. É preciso você falar, falar com alguém que entenda seu momento, suas dificuldades e até as suas loucuras.

E, felizmente, estou podendo contar com 2 anjos na minha vida chamados Maria Letícia e Mariana. Nossos bebês nos uniram, nasceram no mesmo mês, fizemos um grupo no whatsapp e nos falamos o dia inteiro. Lá a gente desabafa quase que o dia inteiro, mas damos dicas umas para as outras, conselhos e rimos muito de nós mesmas.

Aconselho a quem puder, procurar pessoas que estejam passando pela mesma fase que você. Você vai ver que não é a única. Que até aquilo que você tem vergonha de admitir, é normal. E assim é mais fácil levar a vida.

Estou sendo também injusta se não disser que Deus me mandou o maior de todos os anjos, meu parceiro, meu Leandro. É o melhor pai que eu poderia sonhar para meu filho. Me ajuda, me dá forças. Se não fosse ele, com certeza eu não conseguiria. Temos até revezado de madrugada. Eu dou mamar e ele nina o João.

mae-nao-dorme-pai

 

Preciso também bater palmas de pé para mães solteiras porque é barra pesadíssima.

Enfim, obrigada meu Deus pela oportunidade de sentir todo esse cansaço. Me sinto sortuda, me sinto completa agora.

E se você curtiu desse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme.

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda

Anúncios

3 comentários sobre “O que ninguém nunca vai te contar sobre a maternidade

  1. Mah Oberziner disse:

    Cara como é bom ler isso, como é bom saber que não sou a única a pensar assim as vezes e principalmente, como é bom não se sentir tão culpada! Tenho um filho de 3 anos e um d 3 meses e sim, minha casa tbm vive de pernas pro ar! Isso q meu filho mais velho vai ora creche o dia todo, mas o outro requer atenção tbm. E eu tbm não consigo dormir com ele, quando ele dorme corro igual uma doida, limpando arrumando lavando hahahahha amei conhecer seu blog ❤

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s