Carta da minha mãe para mim

Você já se perguntou como foi a gravidez da sua mãe? Eu me perguntava isso todos os dias desde que fiquei grávida

image (34)

Mami Poderosa grávida de mim. Que barriga linda ❤

Desde o início da gravidez eu fico pensando como foi com a gravidez da minha mãe, se ela passou mal, se ela conversava comigo enquanto eu estava na barriga, se ela me esperou com muita ansiedade e, principalmente, se ela sentia esse amor todo que eu já sinto pelo João.

Porque o amor é tanto, é tanta vontade de ter o João pra sempre colado em mim, que fico pensando se minha mãe sentia a mesma coisa.

Sempre ouvi dizer, inclusive dela, que só entenderia as atitudes da minha mãe quando eu mesma fosse mãe e nunca levei isso a sério. Hoje eu consigo entender completamente isso. Hoje eu amo muito mais a minha mãe, a admiro muito mais e sou muito mais agradecida por cada atitude dela, por cada palavra dela. Hoje eu sou muito mais amiga da minha mãe e amo ver o quanto ela baba pelo João que ainda nem nasceu.

31337_118806348147583_6155968_n

Minha mãe é meu exemplo, é meu guia, é minha base. Quando tudo dá errado, eu sei exatamente que posso contar com ela, que mesmo que eu não esteja certa, ela vai me apoiar e vai dar um jeito de me ajudar, da maneira dela.

A minha conexão com a minha mãe é tão forte, de um jeito tão estranho, que se eu chorasse de manhã e à noite fosse pra casa, ao pisar na sala ela perguntava “Ué, tá chorando por quê?” e não adiantava eu dizer que não estava chorando, porque ela não se convencia. Eu nunca consegui esconder nada da minha mãe, nenhum sentimento, nada. Ela não precisa nem me olhar, ela descobre as coisas pelo tom da minha voz. E quando eu insistia em mentir pra ela, ela vinha com o “Fernanda, eu te conheço, você saiu de mim”.

Bom, e tem quase um mês que eu pedi para a minha mãe escrevesse uma espécie de carta contando como foi a gravidez dela, o que mudou na vida dela e como ela, hoje, me vê como mãe. Falei que seria para eu publicar perto do Dia das Mães e ela foi me enrolando.

Até que a Nextel lançou um comercial de Dia das Mães com essa minha mesma proposta (inclusive é lindíssimo e eu chorei muito vendo). Aí eu disse: “Ta vendo, mãe? Agora parece que tô imitando eles”. rsrs.

Finalmente minha mãe me mandou a carta e eu chorei desde a primeira palavra escrita por ela, até o último ponto final.

31337_118806278147590_6531495_n

Carrego o nome dela em mim

Por Carmen Pereira

Minha filha, você agora está quase mãe, do nosso já tão amado João. Ser mãe realmente é uma dádiva de Deus e, você foi abençoada. A gente não precisa fazer nenhum curso para ser mãe, aprendemos tudo na mesma hora em que os nossos filhos nascem, é algo de Deus mesmo. Parece que o nenem quando nasce vem com um manual, quem dera, mas não é a realidade.

Dizem que as histórias se repetem, e não foi diferente com a gente.

Quando a gente é mãe, tudo muda nas nossas vidas, a começar pelo nosso corpo (rs), mas isso pouca importa, porque quando a gente vê aquele ser pequeno, lindo e indefeso tudo a nossa volta parece não fazer parte deste momento tão sublime, que é de mãe com o filho.

Tive uma gravidez muito tranquila, sem problemas, trabalhei até o final. Você nasceu de cesariana e, tive uma ótima recuperação. Você era um bebe lindo, nasceu com 3,850kg, 40cm e carequinha. Calminha, mamava e dormia.

image (33)

E agora a história está se repetindo em uma outra geração.

Desejo que você seja uma excelente mãe para o seu filho, como tentei ser para você, quero te ver na prática – ser mãe.

Uma vez li um poema e que descreve realmente o que é ser mãe:

‘Ela tem a capacidade de ouvir o silêncio.

Adivinhar sentimentos.

Encontrar a palavra certa nos momentos incertos.

Nos fortalecer quando tudo ao nosso redor parece ruir.

Sabedoria emprestada dos deuses para nos proteger e amparar.

Sua existência é em si um ato de amor.

Gerar, cuidar, nutrir.

Amar, amar, amar…

Amar com um amor incondicional que nada espera em troca.

Afeto desmedido e incontido, Mãe é um ser infinito.’

(Trecho do livro Minha mãe, meu mundo)

Te amo!”

Mãe, eu também te amo muito! ❤ Não me imagino sem você

image (32)

E se você curtiu desse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme (tá rolando um sorteio lá no Instagram).

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

4 comentários sobre “Carta da minha mãe para mim

  1. Camila Herculano disse:

    Parabéns, adorei até onde consegui ler, pois comecei a chorar e como estou no trabalho todo mundo me perguntando o que era… Enfim
    Mais tenho certeza que você e sua mãe arrebentaram na carta… Afinal todas as Carmen’s arrasam em tudo que faz…” minha mãe também é Carmen…rs”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s