Papai também se sente pressionado

A gravidez não é só sua, é também do papai. Ele também está grávido

gravidez-pais-gravidos

Se tem uma coisa que tem sido essencial na minha gravidez, é o apoio que tenho recebido do papai Leandro.

Ele tem cuidado da gente de uma forma incrível que nunca esperava que alguém pudesse fazer nem por mim, nem pelo nosso João.

Além disso, ele tem tido uma paciência que eu achava que não teria comigo. Porque a gravidez é uma TPM constante e tem dias que nem eu me aguento.

gravidez-tpm-constante

É muita pressão sobre nós, gravidinhas. Só que o que eu acabei não percebendo que é muita pressão sobre eles também, os papais.

E ultimamente eu tenho notado o Leandro muito nervoso, muito estressado. Ele tem perdido a paciência muito facilmente, tem ficado de mau humor por muito pouco e, quem conhece o Leandro, sabe que isso é completamente fora do normal. Pro Leandro tudo tá bom, tudo vai se ajeitar, não precisa se stressar. Então, vê-lo assim, por muitas vezes até me assusta.

De uns tempos pra cá ele tem caído na cama e apagado, até ronca às vezes. Dá pra perceber o quanto ele está CANSADO. Começou a ter umas crises de sonambulismo, que me dão muitos sustos de madrugada.

Nessas crises, ele sempre dá um pulo na cama e eu acordo muito assustada. Uma vez deu um pulo na cama e disse que ia pegar Sprite pra mim (sendo que a gente nem bebe Sprite, nunca nem compramos esse refrigerante aqui em casa), no outro deu um pulo e disse que ia dar um jeito no ar que tava entrando e fez como se tivesse fechando a janela que já estava fechada (quando ele “caiu em si” disse que achou que a janela estava aberta com ar entrando) e hoje eu acordei com ele dando um pulo na cama e puxando meu edredom, meio que me ajudando a levantar.

gravidez-sonambulismo

Só hoje consegui perceber que essas crises de sonambulismo nada mais são do que excesso de zelo, que mesmo dormindo, ele tá preocupado comigo e com o João. E isso me dá um aperto no coração, uma dó. Saber que, apesar de todo esforço, trabalho e cuidado que ele tem tido, a gente (eu e João) não consegue dar paz pra ele nem para dormir bem e acordar disposto no dia seguinte para trabalhar.

Eu tenho tentado colaborar um pouco para que ele relaxe, sabe?! Quando vejo que ele está estressado, mesmo sem motivo, não argumento, nem falo nada, deixo ele se acalmar sozinho. Às vezes até saio de casa, vou pra casa de alguma amiga, pra dar esse espaço pra ele. Geralmente, aos finais de semana, eu acordava, não gostava de ficar acordada sozinha e acordava ele. Agora não faço mais isso, saio do quarto e deixo ele dormir até não aguentar mais, porque sei que ele realmente está precisando disso.

Queria que fosse mais fácil, que ele não precisasse se preocupar tanto com a gente, que ele percebesse que “Olha, vai ficar tudo bem, estamos todos bem e o que realmente importa é isso”. Mas acabo percebendo que fui eu que deixei ele ficar assim, que todo o meu stress, meu nervosismo, minha ansiedade e minha “TPM” fizeram isso com ele, o que acaba me deixando muito culpada.

Enfim, espero que com o passar do tempo, essas ansiedades todas passem e nós nos acostumemos com essa nova situação. 😉

E se você curtiu desse post, clica aqui em “Gosto” e em “Compartilhar”. Não esqueça também de curtir a gente no Facebook: http://facebook.com/maenaodorme e nem no Instagram: @blogmaenaodorme (tá rolando um sorteio lá no Instagram).

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s