Diário de gravidez – 33 semanas

Entrando na semana 33 e dividindo todas as sensações com você no meu diário de gravidez

gravidez-semana-33

Entrei ontem na semana 33. Queria ter vindo aqui antes, mas me enrolei muito no trabalho e não consegui. Antes tarde do que nunca e estou aqui pra fazer meu diário de gravidez dessa semana.

Bom, o meu parto seria no dia 9/6 (como muita gente sempre me pergunta já respondo que é cesárea por opção), mas devido a alguns imprevistos, alteramos a data pro dia 7/6. Ou seja, faltam apenas 37 dias para a chegada do amor da minha vida.

Como sempre falo, na gravidez, todo dia é completamente diferente do outro e em uma semana, tudo muda, muita coisa nova, muitos sintomas desaparecem, outros surgem. E nessa semana não foi diferente.

gravidez-33-semanas

Me olho no espelho e me surpreendo todos os dias. Parece que não sou eu, parece que não é o meu corpo. Me amo cada vez mais, me sinto cada vez mais linda e, principalmente, AMO meu barrigão, mesmo com umas indesejadas estrias que nasceram nele.

Antes de contar todos os sintomas, sensações dessa semana, queria que assistissem esse vídeo que é super rapidinho e fala um pouco sobre a semana 33:

– Sabe aquela listrinha marrom que a maioria das grávidas fica? Então, eu tinha notado uma bem de leve em mim, mas agora ela tá bem nítida e eu simplesmente aaaamo. Não sei exatamente o motivo, mas me sinto mais grávida toda vez que a vejo. rsrs. Será só comigo isso?

– Estou andando cada vez mais devagar. Na verdade, nunca andei rápido, nem antes mesmo de engravidar, mas agora é absurdamente devagar. Não consigo acelerar o passo. Se tento acelerar logo sinto uma dor insuportável ou no pé na barriga ou na vagina mesmo e sou obrigada a diminuir ou até a parar.

E é até engraçado. Porque outro dia estava chovendo demais, demais, demais, eu estava sem guarda-chuva e andando devagarzinho, sabe? Primeiro porque não conseguia correr, segundo com medo de escorregar. E aí que o destino nunca chega nesses momentos. Cheguei igual a um pintinho molhado. rsrs

E lá vou eu, andando igual ao pinguinzinho…

gravidez-andar-pinguim

– Nossa, está muito difícil pra abaixar, mais difícil ainda pra levantar. Pra vocês terem uma noção, pra eu colocar o cabo usb no computador do trabalho, tenho que me abaixar porque fica no chão e eu faço um esforço tão grande que fico completamente sem fôlego, parece que corri uma meia maratona. Aí tenho que pedir pro meu irmão toda vez que quero conectar o usb.

Quando cai algo no chão ou desisto de pegar ou tenho que pedir pra alguém, porque realmente tá muito pesado.

Pra levantar da cama então, nem se fala. Demoro muito, faço um mega esforço. rsrs. Na maioria das vezes, o papai me ajuda, mas quando tô sozinha ou levanto de madrugada é sempre um momento tenso.

– Nossa, raspar a perna está impossível. Até umas semanas atrás, eu colocava uma cadeira no box durante o banho, apoiava a perna e raspava. Mas agora se eu apóio uma perna, eu sinto muita dor pra ficar com a outra estendida, por conta do peso. Sem contar a dificuldade de me equilibrar, né?

Pensando seriamente na possibilidade de depilar com cera quente. Inclusive, não tem problema nenhum depilar com cera quente durante a gravidez, ok? Só não pode a laser.

gravidez-depilacao

Eu não depilava com cera quente antes, só raspava com a gilete, mas com as dificuldades óbvias, comecei a depilar a axila e a virilha. No início senti muito medo, porque dizem (dizem não, é verdade) que na gravidez, dói muito mais por conta do nível sanguíneo que aumenta muito. Mas depois que a médica de uma amiga disse que a única opção era pedir pro papai raspar pra mim, decidi que depilar seria a melhor opção, né?! Porque ninguém merece essa cena. rsrs

– Andei sentindo uma dor no umbigo por esses dias, fora do comum. Fui reparar e ele está muito mais estufado do que antes, levei até um susto. rsrs. Porque meu umbigo é muito fundo. Até brinco que antes, eu nunca tinha visto meu umbigo. Mas é normal, tá mamães?!

– Estou MUITO sem fôlego. Estou sem fôlego até pra cantar, não consigo mesmo. E quem me conhece, sabe o quanto isso está sendo chato pra mim, porque eu canto o dia todo. Canto mal, canto tudo errado, canto só o refrão da música, mas canto o dia todo. Só que agora, quando passa minha música preferida na rádio, tenho que me contentar em cantar mentalmente. Os vidros da casa agradecem. rsrs

Quando tô contando uma história, não consigo  falar rápido, geralmente tenho que parar um pouco, respirar e depois voltar a falar.

– Eu senti muita fome no primeiro trimestre, mas logo depois a fome normalizou. Pois agora eu ando sentindo uma fome animal. Eu acabo de comer e estou com uma fome absurda já.

Mas assim, eu não sinto vontade de comer, mas meu estômago dói, eu sinto a necessidade de comer.

gravidez-fome

Tento maneirar, comer de 3 em 3 horas sem beliscar, mas às vezes não consigo mesmo. Preciso comer alguma coisinha, nem que seja só um pedacinho, pro estômago parar de doer.

– A azia está cada vez mais forte. O refluxo cada vez maior. Isso porque o estômago está cada vez mais comprimido.

Pra vocês terem uma noção, a azia é tão forte que eu chego a tossir e vomitar. É horrível.

Antes eu achava que os vômitos ainda eram dos enjôos e achava estranho ainda não ter passado, já que normalmente eles passam logo quando o primeiro trimestre acaba. Mas depois comecei a observar e percebi que eram diferentes. Os vômitos do início da gravidez eram mais matinais e eram acompanhados de um enjôo absurdo. Esses não, esses são depois de uma azia muito forte ou de tanto eu tossir por conta da azia.

Como eu comentei ants, eu tomo Mylanta Plus que a minha médica me receitou e no início ele me servia bem, mas agora não adianta muita coisa. A única coisa que alivia é água com gelo, que desse refrescando tudo, parece até que tá apagando o fogo no meu estômago.

– As dores nas costas estão absurdamente fortes, chegam a arder as costas. Como eu machuquei o cóquix em Janeiro, ele voltou a doer agora e eu fico numa posição que acaba doendo o pé da barriga também.

Por esse motivo, minha médica me afastou do trabalho desde ontem. Acredito que eu fique em casa até o nascimento do João, mas não tenho certeza, ela que vai decidir na próxima consulta, que é em 15 dias, mais ou menos.

gravidez-dor-nas-costas

– Nenhuma roupa está cabendo mais em mim. Os vestidos estão todos curtos, aparecendo a calcinha na frente. Calça só a legging de maternidade que eu tinha comprado. Mas até o short de maternidade que minha mãe tinha me dado no início, não cabe mais em mim. Usei bem pouquinho ele. Uma pena.

Tem horas que me sinto uma baleia, mas isso logo passa e já me sinto linda de novo. ❤

E pra finalizar, queria dizer que tô muito satisfeita e feliz porque até agora só engordei 9Kgs. Não que sejam SÓ 9 quilos, mas é que normalmente, as mulheres engordam mais.

Sendo que só nesse mês, eu engordei 4kgs. Levei um susto quando soube, mas é que é normal mesmo nessa fase engordar rápido. Provável que agora eu engorde 0,5kg por semana até o final. Sei que passei um pouco esse mês, mas comparado ao que engordei a gravidez inteira até agora, não tem problema. Quer dizer, não é que não tenha problema, mas é considerado normal.

Até o sétimo mês da gravidez, eu só tinha engordado 5kgs. É ótimo isso. Mas foi porque no primeiro trimestre eu vomitei muito, me senti muito mal, então eu perdi uns quilinhos no início.

Vou me controlar agora, pensando numa alimentação mais saudável, porque essa reta final é de ganho de peso pra mim e pro meu bebê. Então preciso pensar na melhor alimentação pra ele.

Apesar de todo desconforto, eu estou amando a gravidez. Não sabia que seria tão difícil porque sempre que via uma mulher grávida, não imaginava por tudo que ela passava. Grávida está sempre feliz, sempre com o brilho nos olhos. Nunca vi uma mulher falando “NUNCA MAIS QUERO PASSAR PELO PROCESSO DA GRAVIDEZ, UMA EXPERIÊNCIA HORROROSA”. Nenhuma mulher acha isso, todas têm plena consciência que tudo vale a pena, que apesar de tudo é a melhor fase da nossa vida. Sentimos mais alegrias do que desconfortos. Cada chutinho nos faz lembrar que existe um milagre acontecendo nesse exato momento dentro de nós.

gravidez-feliz

E como tem sido pra você? Como foi pra você? Me conta? Tem alguma dúvida? Meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com 

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

2 comentários sobre “Diário de gravidez – 33 semanas

  1. Yasmin disse:

    Me identifiquei em muiiitas partes rs. Principalmente a respeito das dores nas costas e dificuldade pra andar, meu Deus como esta difícil…
    Nao tive enjôo, nunca nem se quer vomitei… Tem dias que sinto uma droga de uma azia que MEU DEUS parece ta saindo até fumaça… E to sendo firme no serviço, embora esteja mesmo muito difícil…
    Engordei 200g só esse mês !! Mês passado engordei 2kg.. E por incrível que pareça.. Ate dia 29 foram os primeiros 2200kg ganhos durante a GESTAÇÃO TODA! Venci a minha balança, que sempre foi muito minha inimiga… Mas isso não me ajudou em nada, contínuo com uma baby gordinha, 250g acima do esperado, forçando minha estrutura inteira.. Hahaha.. To de verdade, acabadinha..
    Daí agora .. as 33 semanas, na verdade à umas 4/5 semanas.. Porém agora, piorou.. Ansiedade gigante.. NAO DURMO MAIS. Acordo 1, 2 hrs.. Só volto a ter sono 4:30hrs… E acordo as 5hrs para ir trabalhar.. Resumo, sem dormir.. To igual zumbi 😦 kkk..
    Falta tão pouquinho.. Mas ao mesmo tempo parece uma eternidade à frente esses 45 dias restantes 😕
    Enfim.. Apesar de tudo, choro.. Pensando que falta pouquíssimo para o meu barrigão ir embora.. O que alegra um pouco ou muuuuito mais é saber que a minha princesa vai estar aqui💓😊

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s