Diário de gravidez – Semana 32

Entrando na semana 32 e relatando os sintomas, mudanças, sensações, emoções dessa semana

gravidez-32-semanas

Hoje é feriado aqui no Rio de Janeiro, dia de São Jorge (Salve Jorge), padroeiro da cidade. Hoje também completo 32 semanas de gravidez. Meu Deus! Faltam só 6 semanas pra minha cesárea, 48 dias!

Que louco isso. Outro dia mesmo eu estava fazendo o exame de gravidez e estava aos prantos porque uma vida ia depender de mim e eu mal sabia me cuidar. Ok, essa parte ainda me assusta. A diferença é que agora eu me sinto totalmente completa, não consigo me imaginar de outra maneira. Eu nasci pra ser mãe!

gravidez-completa

Bom, nessa fase da gestação tem duas coisas que têm acabado comigo: Azia e dor nas costas.

Eu li que é normal a azia aumentar agora nessa fase porque o útero está comprimindo muito o estômago. E realmente está demais, é muito forte e é constante. Desde o início, minha médica liberou tomar o Mylanta Plus e ele sempre resolveu, mas agora ele não tá dando conta. É o dia inteiro, eu acordo de madrugada com azia insuportável.

O que me ajuda muuuuuuuito mesmo, mais que o remédio, é água bem gelada. Ando viciada em beber água com gelo, desce que é uma maravilha. Sempre ando com a minha garrafinha de água. A água é muito importante na gravidez, inclusive, já comentei algumas vezes isso aqui. Não deixe nunca de beber água.

gravidez-azia

As dores nas costas e na região pélvica estão extremamente fortes. Minhas costas chegam a arder de tanta dor. E creio que essa dor só vai aumentar a partir de agora. Trabalhar sentada o dia todo, pra mim, tem sido o sacrifício maior. O pior mesmo é depois do trabalho ter que pegar ônibus e ainda assistir aula. Mas, graças a Deus, nessa semana, os feriados de semana santa e mais esse de hoje me ajudaram muito a poder descansar.

Estou tendo uma grande dificuldade para deitar, sentar, levantar. A barriga tá bem pesada e as dores estão bem bizarras. Enquanto estou escrevendo esse post, já mudei de posição várias vezes. Já sentei na cadeira, ja sentei na cama, coloquei um travesseiro aqui, outro ali, mas realmente tá muito difícil.

gravidez-dor-nas-costas

De vez em quando também sinto falta de ar, principalmente quando me deito. O que é super comum, já que o útero também está comprimindo o diafragma. Quando isso acontece, eu levanto, me sento, tento inspirar pelo nariz e expirar pela boca, daí o ar vai voltando.

gravidez-falta-de-ar

Outra coisa que venho sentindo, é uma pressão na vagina, meio que uma pontada pra baixo. Como se ele estivesse prestes a sair, não sei direito explicar a sensação. Pesquisei e vi que muitas mulheres sentem a mesma coisa, é super comum. Mas não sei dizer o motivo disso. Semana que vem eu tenho consulta e vou perguntar sobre isso, daí conto pra vocês aqui.

Ah, além disso, de uns 2 dias pra cá, comecei a sentir ele mexendo meio que na vagina. Abaixo do umbigo, sabe? É uma sensação muito esquisita, dá uma leve agonia. Procurei no Google e vi que algumas mulheres também sentem isso, que é normal. Mas confesso que a primeira vez que senti pensei: CHEGOU MINHA HORA, AGORA É ESPERAR A DOR VIR.

???????

Apesar disso tudo, tenho conseguido dormir melhor, apesar de acordar diversas vezes para ir ao banheiro. Não sei se finalmente consegui encontrar posições melhores para dormir ou se apenas me acostumei com o desconforto. E quando caio no sono, caio tão pesado que nem me mexo. Aí acordo com dores nas articulações ou dormências, mas só mudar de posição que melhora.

gravidez-dormir-bem

Sinto vontades gigantes de ir ao banheiro fazer xixi. A vontade bate do nada e às vezes é tão forte que mal consigo andar até ao banheiro de tanta dor. E chegando lá, na maioria das vezes, sai um xixizinho de nada. rsrs. Minha dica é que quando você for ao banheiro, se incline um pouco pra frente. Isso irá ajudar a esvaziar a bexiga completamente.

gravidez-xixi

Logo que engravidei e soube que não poderia mais tomar remédios, me desesperei um pouco porque desde criança tenho crises fortíssimas de enxaqueca. Cheguei a tomar remédios controlados por um tempo. E, quando tenho essas crises, o único remédio que funciona comigo é a Neosaldina, que eu não poderia tomar mais. Os únicos rémedios liberados pela médica eram o Paracetamol e Novalgina.

Conforme o tempo foi passando, comecei a achar estranho porque as crises diminuíram significativamente, elas eram bem frequentes antes. E pesquisei, e vi que realmente, na gravidez as dores de cabeça tendem a diminuir. Ufa!

Mas esse final de semana dormi na casa da minha mãe e tive uma crise bizarra. Pra minha tristeza, lá só tinha Paracetamol e ele não adianta. O Paracetamol me aliviava durante algumas horas, mas quando o efeito do remédio passava, a dor voltava BEM MAIS FORTE. Foi uma noite difícil, madrugada pior ainda. Doía tanto que não conseguia nem raciocinar, cheguei a vomitar de dor. Entrei debaixo do chuveiro diversas vezes, coloquei compressa de gelo. E ela só passou de vez de manhã quando vim pra casa e tomei Novalgina. Sério, enquanto eu escrevo agora, parece que eu tô relatando um pesadelo.

gravidez-enxaqueca

Ontem tive um pequeno sangramento. Percebi quando fui ao banheiro e vi uma mancha amarronzada na calcinha. Falei com a minha médica e ela disse para acompanhar, caso continuasse para procurar uma emergência. Graças a Deus, não continuou, foi só aquele mesmo.

A Dra Izabel me disse que as causas podem ser muitas. Falou que é comum acontecer depois da relação sexual (não foi o meu caso) ou pode ser também infecção urinária. De qualquer maneira, levarei meus exames na semana que vem para ela dar uma olhada.

gravidez-sangramento

Tirando isso, eu dei uma super desinchada. Meus pés e minhas mãos estavam enooooormes e agora eles estão super normais (só meu nariz que tá ficando meio bolinha). Acredito que tenha sido por conta do tempo que deu uma amenizada. No calor, eles incham muito. Mas acho também que minha dose diária de água tem ajudado muito.

Minha vó sempre disse que quando a mulher desincha é que chegou a hora dela de dar a luz, que depois disso é só esperar que virá. Medinho da minha vó.

Brincadeiras a parte, eu tenho um pressentimento, uma coisa minha, que o João vai vir antes da hora. E me angustia não ter nada arrumado ainda. Quero logo arrumar o quarto dele, terminar de lavar as roupinhas e, principalmente, fazer nossas malas pra maternidade.

Mas acredito que até semana que vem, isso tudo vai estar organizado. Tenho fé!

Ah, já comecei a ver lembrancinhas de maternidade. Tenho visto algumas inspirações e, se vocês quiserem, posso colocar essas inspirações aqui depois.

Pra finalizar, ontem ocorreu um fato que me emocionou, que me fez lembrar que tudo isso que escrevi aqui em cima vale a pena. Que tudo que eu passei, passo e vou passar para ter meu João nos meus braços, vale a pena.

Peguei uns bombons, sentei na cama e comecei a comer. Meu deus! Que felicidade que meu filho ficou. Pela primeira vez, ele começou a balançar a minha barriga.

Eu já sinto as mexidinhas dele faz um tempo, mas nunca foi tão nítida. A minha pele levantou várias vezes, a barriga sacudiu (opa, sacudiu agora de novo).

gravidez-bebe-mexendo

Nossa, como isso é maravilhoso! E tem gente que não acredita em milagres. Como pode? E como pode eu amar tanto uma pessoa que nunca vi? Não tem explicação.

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s