Contrações de treinamento

Num certo momento da gravidez, o corpo começa a se preparar para o grande dia, o parto

gravidez-preparacao-parto

A atriz Nívea Stelmann ficou grávida antes de mim, tanto que ela teve bebê essa segunda-feira agora, dia 24. Como eu sigo ela no Instagram, acompanhei todos os passinhos da gravidez dela.

gravidez-nivea-stelmann

Teve um dia que ela postou algo sobre estar tendo as contrações de treinamento e eu, que até então nunca tinha ouvido falar, fiquei curiosa e fui ler a respeito.

Li que é uma espécie de treinamento do corpo para a hora do parto. Mas até ela escrever isso, eu nunca tinha sentido (mas eu estava bem no comecinho da gravidez).

Faz algumas semanas que comecei a sentir uma leve contraída na barriga, lembrando uma leve tremidinha, sabe?! Deduzi que fossem as tais contrações.

Na semana passada estava eu sozinha em casa, deitada, vendo tv. E do nada minha barriga ficou MUITO dura, contraiu tudo e eu vi direitinho o formato da cabeça do João no meu lado direito.

gravidez-contracao-treinamento

Apesar de não ter doído nada, eu fiz uma cara de super desespero. Na real, eu fiquei realmente muito desesperada. Durou apenas alguns segundos e só quando acabou, acho que consegui voltar a respirar normalmente de novo. Que susto, meu Deus!

Só o que me faltava! Entrar em trabalho de parto sozinha em casa. rsrs

No dia seguinte eu fiquei com uma dorzinha chata, tipo uma dorzinha muscular, sabe?! Só sentia quando sentava/levantava. Fiquei com essa dorzinha o dia todo praticamente.

Como essa semana tive meu pré natal, comentei sobre esse caso e a Dra Izabel me explicou que é bem provável mesmo que tenha sido a contração de treinamento, conhecida também como contração de Braxton Hicks.

gravidez-contracao-braxton-hicks

Essas contrações surgem a partir da 26ª semana e a mulher pode sentir de 8 à 10 contrações por dia. Mas nem toda mulher sente, isso varia de mulher pra mulher, como tudo na gravidez.

Geralmente essas contrações são indolores, mas fica essa dorzinha chata que eu disse. Pode ser também de que essa contração até doa. Mas a Dra Izabel disse que pra saber se é uma contração de treinamento ou uma de trabalho de parto, basta tomar remédio (o que ela me indicou foi o buscopan normal ou composto). Se a dor passar, é de treinamento, pois a contração de parto não tem remédio que faça passar a dor.

Claro que você provavelmente vai sentir a diferença se for uma contração de parto. Elas são mais intensas, duram mais tempo e vêm e voltam num intervalo de tempo menor.

Ah, a Dra. também me disse que pode acontecer do bebê mudar de posição, a barriga contrair toda e eu achar que seria uma contração, mas não é. É que ele meio que da uma cambalhota dentro de mim. Eita menino danado esse, hein!

E você? Já teve uma contração de treinamento? Me conta? Meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Beijos,

Nanda 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s