Aquela maldita ansiedade

Não adianta, uma das coisas que vem com a gravidez é a aquela nossa velha conhecida, a ansiedade

gravidez-ansiedade

Pra mim, não existe lugar melhor pra se pensar na vida do que o ônibus. Não que eu goste de andar de ônibus, longe de mim. Mas eu sempre consigo colocar meus pensamentos em ordem durante o trajeto que faço.

Quando eu venho trabalhar, venho pensando sobre o que vou escrever no dia. Hoje achei que estaria sem assunto, mas é impossível ficar sem assunto na gravidez.

gravidez-pensando-no-onibus

Então resolvi compartilhar com vocês a minha ansiedade.

Sou uma pessoa ansiosa por natureza e, obviamente, que a gravidez aumentou essa ansiedade umas 1000x.

Perdi as contas de quantas vezes já sonhei que o João nascia.

gravidez-sonhar

Sonho com ele nascendo e não tendo nada pronto, nem quartinho, nem a mala da maternidade. Sonho que não dá tempo pro chá. Sonho que não dá tempo de avisar para as pessoas.

E sempre acordo muito agoniada com tudo isso.

Ontem fiz 26 semanas e o enxoval já está praticamente completo. Ganhamos muita coisa, compramos muita coisa também na feira da Gestante e Bebê (vou falar disso em um outro post pra vocês).

Mas, apesar do enxoval está quase pronto, ainda não começamos a obra no quarto dele e isso tá me angustiando imensamente. Minha casa tá um uma zona sem fim, cheia de coisas que ainda não podemos colocar no lugar. O príncipe pai é muito calmo, sem pressa de nada. Isso me angustia ainda mais. Porque faltam só 3 meses pro João chegar, tenho mais medo ainda dele chegar antes da data. E a ansiedade vai crescendo.

Fora a obra, tem o chá. Vou fazer o chá de fraldas em abril e resolvi organizar tudo praticamente sozinha. A parte boa é que muita gente se ofereceu pra ajudar, mas eu queria participar de tudo, sabe?! E a data tá se aproximando, eu ainda não vi tudo e a ansiedade vai crescendo.

Como se isso já não bastasse, tem os gastos que terei no parto, porque o plano não cobre tudo. O anestesista não aceita plano, mas o plano reembolsa alguma coisa. A porcentagem do reembolso só irei saber depois. A instrumentadora, na hora, o pedido vai pra análise, pra ver se o plano reembolsa ou não e o valor que reembolsaria. A pediatra, o plano não reembolsa nada. Ou seja, vou morrer nesse dinheiro, que não é pouco. E a ansiedade vai crescendo.

Tenho tido surtos que chamo de psicóticos. Estou perdendo a paciência muito rápido e por tudo. Outro dia dei um show com o príncipe pai porque ele deixa os armários da cozinha todos abertos. Depois fiquei pensando: tudo isso por causa de armário, totalmente sem necessidade. E fui pedir desculpas por isso.

gravidez-ansiosa

Sem contar quando começo a chorar do nada. Eu sempre fui uma manteiga derretida, a gravidez só intensificou isso. Choro com medo de não dar conta, sabe?! Uma vidinha vai depender de mim e eu não sei fazer absolutamente nada. O que me tranquilizou um pouco foi num surtos, numa tentativa de me acalmar, o Leandro me dizer que ninguém sabe fazer nada quando tem o primeiro filho. Mas e se eu não levar jeito pra coisa? Tem gente que tem o dom, né?! E se eu não for uma dessas pessoas?

Por conta de toda essa ansiedade eu voltei a roer unhas, coisa que eu não fazia desde criança. E não adianta ela estar pintadinha, em roo mesmo assim. Coloquei unhas postiças e não aguentei, tive que tirar, pra poder roer as unhas. Quando não tem mais unha, eu roo a pele.

Minha vida toda, sempre curei minha ansiedade com chocolate. Eu sinto uma vontade absurda de comer chocolate agora. Tento evitar, mas, na maioria das vezes, é mais forte que eu (apesar de eu saber que estou totalmente errada por isso).

Estou tentando controlar, porque ficar assim não vai resolver nada que eu preciso resolver e nem vai fazer o tempo passar mais rápido. Além disso, não faz bem pra mim e nem pro João, né?!

Procuro ler livros, ver filmes, me manter ocupada sempre. Difícil está sendo me concentrar, mas estou tentando.

Ai, vem logo, João, pra acabar com minha ansiedade.

Beijos,

Nanda 😉

Para falar comigo, meu e-mail é fernanda_carvalho@globo.com

Anúncios

2 comentários sobre “Aquela maldita ansiedade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s